Home > Notícias

Fundação Mozilla corrige sete falhas do Firefox, cinco delas críticas

Depois da megacorreção do browser Internet Explorer, agora é a vez do concorrente de software livre. Saiba como se proteger

Por Redação do IDG Now!

17/04/2006 às 11h38

Foto:

A Fundação Mozilla divulgou sete correções de segurança para o navegador de código livre Firefox, cinco delas consideradas críticas, uma alta e outra moderada.

Uma falha considerada crítica, segundo a Fundação Mozilla, pode ser usada por um hacker para instalar um software ou um código malicioso, sem nenhuma interação do usuário enquanto navega pela internet.

Os internautas que usam a versão 1.5 do Firefox, quando se conectarem a internet, vão receber um aviso de que há uma nova atualização de segurança (chamada de 1.5.0.2). É recomendado fazer a instalação desse novo software, que corrige todas as falhas.

Há também 18 correções para a versão 1.0.8, mais antiga do Firefox, sendo dez delas são críticas, quatro altas, duas moderadas e duas baixas.

Além das correções de segurança, a nova versão do Firefox dá suporte nativo para os computadores Macintosh, da Apple, com processadores Intel.

O Internet Explorer, que tem mais de 80% do mercado, acaba também de divulgar uma megacorreção para mais de 10 vulnerabilidades, entre elas uma considerada crítica que teve vários códigos que exploravam a brecha publicados na web.

Novas versões

Tanto a Microsoft com a Fundação Mozilla preparam novas versões de seus browsers.

O Internet Explorer 7 deve ser lançado no final de 2006, em uma versão para o Windows XP.  A Microsoft resolveu não atrasar o navegador de internet, mesmo com o adiamento do lançamento do Windows Vista, próxima versão de seu sistema operacional, para janeiro de 2007.

O Firefox 2.0 deve ser lançado em agosto de 2006, segundo o cronograma da Fundação Mozilla.

Em março, a Fundação lançou a primeira versão Alpha do Firefox 2.0, chamada de Bon Echo, voltada para a comunidade de desenvolvedores.

O Firefox 2 terá melhorias no seu sistema de navegação por abas e na leitura e cadastramento de feeds RSS, além de uma repaginada no visual do navegador.

Participação de mercado

O Firefox tem entre 10% e 11% do mercado dos navegadores de internet, dependendo da pesquisa.

Segundo a NetApplications, o navegador de código livre passou dos 10%, pela primeira vez, em março de 2006. O Internet Explorer, da Microsoft, caiu 3,89%, mais ainda tem participação de 84,7%.

Estudo divulgado pela consultoria OneStat.com, em janeiro, já apontava a participação do navegador Firefox acima da casa dos 10%. Na ocasião, a cifra foi de 11,23%.

Desde que foi lançado, em novembro de 2004, o Firefox já teve mais de 160 milhões de downloads, segundo o site de marketing da Fundação Mozilla, o SpreadFirefox.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail