Home > Notícias

Seagate anuncia disco rígido perpendicular com 750 GB

Dispositivo Barracuda 7.200.10, com capacidade 50% maior que a dos discos atuais, é destinado a PCs domésticos e tem preço de US$ 590

Por Melissa Perenson, para o IDG Now!*

27/04/2006 às 11h58

Foto:

Dispositivo Barracuda 7.200.10, com capacidade 50% maior que a dos discos atuais, é destinado a PCs domésticos e tem preço de US$ 590

A Seagate anunciou nesta quarta-feira o lançamento de um disco rígido da série Baracuda 7.200.10 com 750 GB. O drive representa um aumento de 50% na capacidade  do modelo anterior de maior armazenamento, que tinha 500 GB.

O dispositivo, que tem interface SATA, é o primeiro drive interno com 3,5 polegadas da indústria a atingir a marca utilizando a tecnologia de gravação perpendicular.

Os dados sobre o produto foram publicados inadvertidamente no site da Seagate na última sexta, criando um rebuliço sobre a enorme capacidade do disco rígido com 750 GB. Na quarta, o gerente de marketing da empresa Joni Clark confirmou que o produto tinha começado a ser vendida no dia anterior.

A Seagate mudou a data d lançamento do drive Barracuda 7.200.10 com 750 GB após o vazamento dos dados. "Deveríamos começar a vender o drive apenas em alguns meses, mas estamos descobrindo que equipamentos com a tecnologia de gravação perpendicular melhoram a confiança do usuário em seus PCs", afirma Clark.

A tecnologia, aclamada como novo padrão para armazenamento de grandes quantidades de dados em computadores domésticos ou corporativos, aumenta a densidade real do disco mudando a maneira como as informações são gravadas - ao invés de utilizar o método longitudinal tradicional, o dispositivo guarda documentos verticalmente nos pratos do disco rígido.

O novo drive da Seagate terá preço sugerido de 590 dólares nos Estados Unidos, menos de 100 dólares a mais do que o a cifra estipulada pelo primeiro disco rígido com 500 GB.

Com o preço, o Barracuda 7.200.10 com 750 GB terá uma relação de 79 centavos de dólar por Gigabyte de informação, quebrando a tradicional barreira de um dólar pelo mesmo espaço na maioria esmagadora dos discos rígidos atuais.

A Seagate planeja manter as gravações longitudinais apenas para seus drives de menor capacidade, mas já admitiu capacidades maiores de armazenamento em suas linhas 7200.10 e 7200.9.

*Melissa Perenson é editora da PC World, em São Francisco.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail