Home > Notícias

Microsoft diz que Vista está no cronograma e nega novo atraso

Companhia diz que processo de engenharia e feedback do Vista é mais eficiente que dos outros e garante prazo de entrega

Por Eric Lai, para o IDG Now!*

03/05/2006 às 12h42

Foto:

Companhia diz que processo de engenharia e feedback do Vista é mais eficiente que dos outros e garante prazo de entrega

Prometido para 2004, adiado para o final de 2006, e por fim postergado para janeiro de 2007. O Windows Vista, novo sistema operacional da Microsoft, já foi empurrado para frente algumas vezes, mas não perderá a data de janeiro de 2007, afirmou a Microsoft rebatendo uma análise publicada pelo Gartner nesta semana, que prevê que os Vista não chegará ao mercado antes do segundo trimestre do próximo ano. 

“Estamos dentro do cronograma para entregar o Windows Vista Beta 2 no segundo trimestre, o produto final para clientes de licenças de volume em 2006, e a versão para demais empresas e usuários em janeiro de 2007”, disse Sarah Williams, porta-voz da Microsoft.

Mesmo que a Microsoft atinja a data para lançamento do Beta 2 – que ainda será testado por até 2 milhões de usuários -, depois disto terá apenas seis meses para entregar a versão final, apontou o Gartner.
O relatório da consultoria prevê um prazo mínimo de nove a 12 meses para correção de bugs após o final dos testes com o Beta 2, o que moveria a data de lançamento para um período entre abril e junho de 2007.

Houve um espaço de 16 meses entre o segundo beta e o lançamento final do Windows 2000, de acordo com o documento.

A Microsoft sustenta que pode manter o cronograma de lançamento porque aprimorou o processo de produção do Vista em comparação com outros sistemas operacionais.

“Os processo de engenharia e feedback para o Windows Vista são diferentes – e melhores – do que eram nos sistemas operacionais anteriores”, defendeu Sarah, acrescentando: “As mudanças que fizemos nos permitiram entregar uma versão mais completa para testes do produto aos clientes antes do que qualquer outra vez e incorporar feedbacks relevantes mais rapidamente, e vão nos permitir entregar o sistema operacional de maior qualidade de todos os tempos”.

Com atraso ou não, o Gartner aconselhou as empresas a “adotar diversidade gerenciada”, comprando novos PCs com o novos sistema operacional o quanto antes, e não atualizando os antigos equipamentos.
Companhias que ainda utilizam amplamente o antigo Windows 2000 nos desktops devem começar a testar o Beta 2 do Vista o mais cedo possível, alertou ainda a consultoria.

Companhias que já utilizam o XP, contudo, podem ir com mais calma, e começar a planejar um piloto com o Windows Vista nos primeiros 12 a 15 meses após o lançamento.

O Gartner alertou ainda que as empresas que pensam em fazer um contrato de extensão do dos planos Enterprise Agreement (EA) ou Software Assurance (SA) pelos próximos seis meses para garantir a atualização para o Vista devem negociar uma cláusula que garanta o upgrade em caso de atraso.

“Atentem que o Windows Vista Enterprise pode apenas ser instalados em PCs que você já possui; depois que o SA expirar, o Windows Vista Enterprise não poderá ser instalado em PCs que você comprar para substituir os cobertos pelo SA”, aconselhou o Gartner.

*Eric Lai é editor do Computerworld, em Framingham

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail