Home > Dicas

Windows em um memory key

Aprenda a transformar seu pen drive em um “disco de boot” para o sistema operacional Windows XP

05/05/2006 às 16h19

Foto:

Aprenda a transformar seu pen drive em um “disco de boot” para o sistema operacional Windows XP

Até a versão 98 do Windows, o disco de boot era apenas um disquete, simples e rápido de ser feito. Bastava ir ao Painel de Controle do sistema operacional e, depois de poucos cliques, o recurso de recuperação estava pronto. Com o lançamento do Windows XP, fazer um disco de iniciação virou uma tarefa bem mais complexa. De um único disquete, passou para seis. A solução foi adotar o CD como mídia no lugar do disquete.

Essa. no entanto, não é a única saída. Outra opção é gerar um disco de boot diretamente em um dispositivo de memória Flash USB. Ter um sistema operacional instalado em um pen drive pode ajudar a recuperar um sistema deteriorado ou até mesmo testar um computador sem disco rígido. Em suma, é um recurso muito útil para administradores de rede que, vez ou outra, precisam fazer um backup de emergência, ou para usuários preocupados com a possibilidade de perda de dados. A idéia é muito parecida com o que é oferecido por algumas distribuições Linux, mas aqui vamos usar o Windows XP.

Primeiro passo
Os requisitos mínimos para o processo são bem acessíveis. Basta ter um memory key de 256 MB e o disco original do Windows XP SP1 (ou superior) para começar o processo. Não é recomendado usar uma distribuição OEM do Windows XP.

Baixe o freeware Bart PE Builder (www.pcworld.com.br/pebuilder2), que é um dos responsáveis pelo processo. Para facilitar, durante a instalação, observe a opção de criação de um ícone do programa no desktop. Dê duplo clique para rodar o programa.

Certifique-se de que o CD do Windows XP esteja no drive. Na tela do Bart PE Builder, indique o caminho do drive de CD no campo Source: (path to Windows installation files). Exemplo: D:.

Marque a opção Create ISO Image e coloque, logo abaixo, o caminho e o nome para salvar o arquivo gerado. Clique no botão Build para começar o processo. Isso pode demorar alguns minutos. O arquivo ISO gerado contém os componentes mínimos necessários do Windows XP, algumas ferramentas de reparo e fica em torno de 150 MB.

PE Builder - Tela


Segunda etapa

Imagens ISO são usadas para gravar CDs ou DVDs. Para gravar os arquivos no memory key e, para que este desempenhe a função de boot, você terá de baixar outro programa, o FlashBoot (www.pcworld.com.br/flashboot).

Após baixar e instalar o software, dê duplo clique no ícone correspondente para rodar o FlashBoot. Na tela inicial, clique em Next. O próximo passo é escolher o tipo de disco a ser criado. Use a primeira opção, Convert BartPE Bootable Disk to Flash Disk. Clique no botão Next novamente. Nesse momento, você terá de indicar a localização do arquivo ISO que foi criado no primeiro passo. Clique em Browse para esta operação.

Ao localizar o arquivo, conecte o pen drive em alguma porta USB do computador. Feito isso, clique em Next e escolha a unidade (Drive Letter) correspondente ao memory key e marque a opção Make Bootable USB Flash Disk Which is Physically Present on This PC. Pressione Next. Escolha a opção de particionamento USB-HDD e clique em Finish. Aí é só esperar que a cópia seja feita e que não ocorra nenhum erro de gravação.

FlashBoot - tela


Terceiro passo

Depois de finalizar o processo de gravação, é hora de preparar o computador para iniciar usando um dispositivo USB. Mas é bom lembrar que nem todos os computadores são capazes disso. Para verficar, você terá de entrar no setup do BIOS.

Na maioria dos PCs, basta pressionar a tecla Del (Delete) ao ligar o computador. Uma vez na área de setup doBIOS, navegue pelos menus e procure um item referente ao boot. Veja se existe uma opção denominada USB-HDD ou semelhante. Selecione e salve as configurações.

Nem sempre as portas USB existentes servirão para esta operação. Se algo der errado, procure uma nova entrada. Não existe um padrão de funcionamento e é preciso testar.

Quarto passo
Ao iniciar o sistema  usando o memory key, aparecerá a mensagem “Starting BartPE”. O processo é lento e é preciso ter paciência. Após carregá-lo, uma versão enxuta do Windows XP estará disponível para uso. Se o computador estiver conectado a uma rede, basta configurar o TCP/IP. O menu Go, que aparece no canto inferior esquerdo, é semelhante ao menu Iniciar do Windows e oferece o caminho para todos os utilitários instalados. Mãos à obra!

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail