Home > Notícias

Quicktime apresenta dez falhas críticas, afirma consultoria Secunia

Brechas atingem até versão 7 do tocador de mídia da Apple e permitem ataques remotos ao PC do usuário por arquivos forjados

Por Redação, do IDG Now!

12/05/2006 às 14h31

Foto:

Brechas atingem até versão 7 do tocador de mídia da Apple e permitem ataques remotos ao PC do usuário por arquivos forjados

A consultoria de segurança Secunia alertou nesta sexta-feira para a descoberta de nove vulnerabilidades consideradas "extremamente críticas" no software multimídia da Apple Quicktime.

De acordo com o aviso publicado no site da Secunia, as brechas atingem as versões 4, 5, 6 e 7 do reprodutor de mídia e permitem que hackers executem códigos maliciosos remotamente, dominando o PC do usuário.

Todas as brechas estão relacionadas com a maneira como o aplicativo abre arquivos com diversas extensões. Documentos forjados nos formatos JPEG, Flash, H.264, MPEG4, FPX, AVI, MOV, PICT e BMP podem explorar brechas específicas no aplicativo com ataques por "estouro de memória" (em inglês, buffer overflow) e dar acesso ao PC do usuário a hackers.

Para solucionar as falhas, a Secunia aconselha o usuário a instalar a versão 7.1 do QuickTime, lançada nesta quinta-feira pela Apple.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail