Home > Notícias

Governo federal testa laptop de US$ 100 em maio

De acordo com Cesar Álvarez, placas chegam até o final de maio, mas preço final deve ser até 40 dólares a mais do que o alvo do projeto

Ralphe Manzoni Jr., do IDG Now!

15/05/2006 às 15h01

Foto:

De acordo com Cesar Álvarez, placas chegam até o final de maio, mas preço final deve ser até 40 dólares a mais do que o alvo do projeto

O governo brasileiro vai receber as 50 primeiras placas do laptop de 100 dólares idealizado por Nicholas Negroponte até o final deste mês, informou o assessor especial da presidência da República, Cesar Álvarez.

Não se trata de um protótipo em funcionamento, pois o laptop não terá a tela, nem o seu gabinete original. “Vamos testá-las [as placas] para saber qual a configuração que mais nos interessa”, declarou Alvarez, para o IDG Now!.

O assessor especial para a presidência da República afirmou também que os preços do laptop do primeiro lote, segundo documento da organização One Laptop per Child (OLPC), tem custo estimado de 140 dólares, 40 dólares a mais que o preço alvo do projeto.

O documento está sendo avaliado pela área jurídica do governo federal, que quer adquirir, neste primeiro lote, um milhão de unidades do laptop.

Em reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo”, o vice-presidente de software da OLPC, Jim Gettys, afirmou que a organização já conseguiu baixar o preço para 135 dólares. O principal custo, de acordo com Gettys, é o preço das memórias flash e DRAM.
Na semana passada, Alvarez confirmou que a Intel apresentou a vários ministérios, entre eles os da Educação, da Indústria e Comércio e da Ciência e Tecnologia, a sua proposta de notebook educacional: o Edu-Wise.

O projeto da Intel foi mostrado pela primeira vez no Brasil, em março, durante visita do CEO da empresa, Paul Otellini. Na ocasião, o preço alvo é de 400 dólares.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail