Home > Notícias

Preço de computador já caiu 5,2% em 2006

Razão é a desvalorização do dólar e incentivos fiscais, segundo Paulo Picchetti, coordenador do IPC da Fipe

Por Ralphe Manzoni Jr., editor executivo do IDG Now!

17/05/2006 às 15h13

Foto:

Razão é a desvalorização do dólar e incentivos fiscais, segundo Paulo Picchetti, coordenador do IPC da Fipe

O preço do computador já caiu 5,2% desde dezembro de 2005 até a segunda semana de maio de 2006, de acordo com Índice de Preço ao Consumidor (IPC), da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

No período de um ano – entre maio de 2005 e abril de 2006 – a queda do preço dos computadores é ainda maior: 16,8%.

“Essencialmente, essa queda pode ser explicada pelo fator dólar e pelos incentivos do governo federal”, declarou Paulo Picchetti, coordenador do IPC da Fipe.

Apesar de serem montados no Brasil, os principais componentes de um computador, como os chips, são importados. Com a queda do dólar, ficam mais baratos e afetam o preço final da máquina.

Além disso, a MP do Bem isentou de Pis/Cofins (9,25%) as empresas que produzem o Computador para Todos, um PC popular para atender as classes de baixa renda.

Com isso, é possível encontrar computadores com preços que começam a partir de 900 reais, sem o monitor.

Histórico
Desde que a Fipe começou a medir o item computador no seu índice de inflação, em janeiro de 2000, a queda do preço é de 46,8% até abril de 2006.

Atualmente, o computador tem peso de 0,04% no orçamento das famílias pesquisadas.

O IPC da Fipe pesquisa famílias que ganham até 20 salários mínimos em municípios da Grande São Paulo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail