Home > Notícias

Ingram Micro cria unidade de serviços

Distribuidora credencia empresas para fornecer serviços especializados a revendas

Por Daniela Moreira, repórter do IDG Now!

25/05/2006 às 15h20

Foto:

Distribuidora credencia empresas para fornecer serviços especializados a revendas

De olho no ritmo acelerado de crescimento do mercado de serviços, a distribuidora Ingram Micro anuncia a criação de uma unidade voltada à área no País, seguindo uma estratégia global da companhia.
“A área de serviços é a que mais cresce dentro do mercado de TI. Queremos uma fatia desta pizza”, afirma Maurício Oliveira, diretor de VAD (Value Added Distribution) e soluções da Ingram.

Na prática, a distribuidora está recrutando parceiros – tanto fabricantes quanto outras revendas e integradores – especializados em serviços para atuar como fornecedores para as demais revendas. 
“Muitas vezes o canal identifica uma oportunidade ligada a serviços no cliente, mas não tem a capacidade para supri-la. Queremos preencher esta lacuna, fazendo um ponte entre os prestadores de serviços e estas revendas”, explica Oliveira.

De acordo com o diretor, o papel da distribuidora será o de gerenciar os projetos e oferecer seu nome de peso para dar credibilidade a parceiros de menor porte.

O modelo de negócio poderá variar, com a distribuidora faturando o projeto diretamente e comissionando o parceiro, ou com a venda direta pela revenda e comissionamento da distribuidora.

Segundo Oliveira, os contratos com os prestadores de serviço estão sendo finalizados e até o final de junho serão lançados os primeiros “pacotes”. A companhia ainda não revela quem foram os selecionados para atuar como fornecedores na modalidade.

“Identificamos quais são os serviços mais demandados pelo mercado e com base nisso começamos a
procurar os parceiros mais capacitados”, conta o diretor. De acordo com ele, entre as categorias mais populares estão treinamento, segurança, portais, clusters, verticalização de servidores e suporte a sistemas operacionais.

As ofertas de serviços deverão variar desde pacotes simples até soluções complexas, segundo Oliveira. O processo de seleção de provedores será continuo e, para se candidatar a empresa deve preencher alguns requisitos, como possuir pessoal especializado e ter referência de projetos anteriores. Abrangência geográfica também será valorizada, segundo Oliveira.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail