Home > Notícias

CCE investe R$ 60 mi no mercado de informática

CCE investe R$ 60 milhões para entrar no mercado de informática

Ralphe Manzoni Jr. e Maria Isabel Moreira

01/06/2006 às 19h35

Foto:

Empresa anuncia fábrica de computadores e planos de produzir monitores LCD e notebooks ainda em 2006

Manaus - A CCE anunciou investimento de 60 milhões de reais para entrar no mercado de informática. A companhia, que já está produzindo computadores desde fevereiro de 2006, está concentrando a manufatura de produtos na

Digibras, empresa do grupo localizada no Pólo Industrial de Manaus, no Amazonas.  A capacidade de produção é de 400 mil máquinas por ano. "Viemos para ficar", declarou Gilberto Marangão, executivo responsável pelo marketing e produtos de informática. Em 2007, a CCE quer conquistar 7% do mercado de informática, faturando 300 milhões de reais. O faturamento previsto para 2006 é de 200 milhões de reais.

LCDs
A CCE informou também que vai começar a produzir, a partir de agosto, monitores LCD de 14 polegadas. A fábrica terá capacidade de fabricação de 240 mil monitores por ano.
Além desse modelo inicial, a empresa também tem projeto de lançamento de versões de 15 e 17 polegadas, informou Marangão. Antes do final do ano, a CCE espera montar ainda sua linha de notebooks. O executivo não deu detalhes sobre o produto, afirmando que a empresa, no momento, pesquisa a melhor configuração.

Computadores
Desde fevereiro, quando iniciou a fabricação de computadores, a CCE já apresentou cinco modelos e produziu 55 mil máquinas. Desse total, segundo Marangão, 75% foram destinadas ao projeto de inclusão digital do governo federal Computador para Todos. Os equipamentos têm preço inicial de 1,1 mil reais, incluindo monitor CRT de 15 polegadas. Neste mês, a CCE deve lançar mais quatro computadores para o mercado de varejo, entre eles um opção com placa de captura de

TV
Ainda no segundo semestre, a empresa pretende lançar uma linha de computadores desenvolvida especialmente para pequenas e médias empresas. O executivo não deu, no entanto, informações mais detalhadas sobre os produtos. Segundo ele, a CCE está definindo as ferramentas e serviços que serão agregadas a essa nova linha, denominada Corp.

*Ralphe Manzoni Jr. e Maria Isabel Moreira viajaram a Manaus a convite da CCE

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail