Home > Notícias

Microsoft estende programa de autenticidade do sistema Windows

Programa Windows Genuine Advantage oferece aplicativo que acusa cópias piratas no PC do usuário. MS diz que ferramenta é opcional

Por Redação, do IDG Now!

05/06/2006 às 18h09

Foto:

Programa Windows Genuine Advantage oferece aplicativo que acusa cópias piratas no PC do usuário. MS diz que ferramenta é opcional

Sem qualquer tipo de alarde, a Microsoft Brasil colocou em prática no final da semana passada o segundo estágio do seu Programa de Vantagens do Windows Original (Windows Genuine Advantage, em inglês).

Um ano após sua implementação, o projeto ganhou um sistema de notificações que alerta o usuário sobre a legalidade do seu aplicativo.

Anteriormente, o WGA apenas limitava atualizações de segurança e o download de aplicativos extras ao Windows a usuários com cópias legítimas do sistema operacional.

No final de abril, a Microsoft já tinha revelado ferramenta similar para analisar a autenticidade da sua suíte corporativa Office.

Disponível desde o dia 30 de junho, o pacote KB905474 é apresentado como um aplicativo do Windows Genuine Advantage Notifications e pode ser baixado junto a outras atualizações disponíveis no sistema Windows Update.

Se o número de registro do sistema Windows no PC do usuário não estiver registrado nos servidores da Microsoft, uma janela de notificação aparecerá na área de trabalho do usuário avisando sobre a possível cópia pirata.

Os avisos, de acordo com a companhia, são temporários e servem apenas para elucidar "usuários sobre os perigos do software pirata".

A Microsoft alega que usuários que não estejam dispostos a participar do programa podem escolher não baixar o pacote entre as atualizações oferecidas automaticamente pelo Windows.

Caso o download, no entanto, tenha sido feito por engano entre outros patchs, o aplicativo pode ser desabilitado, adverte a companhia, clicando sobre a ferramenta de notificações na barra de ferramentas do Windows.

Usuários com cópias piratas, segundo a Microsoft, continuarão a ter descontos em versões originais do sistema Windows e da suíte Office para a formalização de seus softwares.

A companhia garante também que usuários com cópias piratas que tenham instalado o aplicativo não verão seu sistema bloqueado ou terão seus dados pessoais enviados para a Microsoft.

Pesquisa divulgada pela Business Software Alliance no final de maio afirma que a taxa de pirataria no Brasil atinge 64% dos softwares comercializados. A cifra é quase o dobro da média mundial, com taxa de 35 aplicativos pirata a cada 100 vendidos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail