Home > Notícias

Microsoft adiciona produto de Business Intelligence à linha Office

Integrado ao Office 2007 Corporate, o PerformancePoint Server 2007 oferece análises e relatórios sobre desempenho corporativo

Por Elizabeth Montalbano, para o IDG Now!*

06/06/2006 às 15h32

Foto:

Integrado ao Office 2007 Corporate, o PerformancePoint Server 2007 oferece análises e relatórios sobre desempenho corporativo

A Microsoft esclareceu sua estratégia de Business Inteligence ao revelar um novo produto de sua linha do Office nesta terça-feira (06/06).

O produto, chamado de Microsoft Office PerformancePoint Server 2007, combina um sistema de análises e relatórios de negócios a partir do SQL Server , adquirido pela compra da ProClarity, com interface parecida ao aplicativo Excel, o que facilita o gerenciamento de desempenho corporativo, disse Michael Smith, diretor do Grupo de Aplicações Corporativas do Office da Microsoft.

A Microsoft também espera anunciar a oficialização da compra da ProClarity nesta terça-feira. A companhia anunciou em abril que compraria a desenvolvedora de aplicações de privacidade, que conta com softwares para análises e visualização para exibir informações catalogadas no Microsoft SQL Server para clientes corporativos.

O lançamento do novo produto significa também a o fim do desenvolvimento do Microsoft Business Scorecard Manager, que será integrado ao PerformancePoint Server, disse Smith. O novo software deverá ser lançando no segundo trimestre de 2007. O Scorecard Manager permite que usuários meçam o desempenho de uma empresa de acordo com indicadores chave e analisem as informações a partir dos objetivos corporativos.

A Microsoft tem trabalhado duro na construção de um conjunto compreensivo de softwares de BI para integrar junto ao seu produto SQL Server 2005, que inclui serviços de análise e criação de relatórios.

O Office, no entanto, é o produto que usuários corporativos começarão a ver como um rival para suítes de BI de competidores como Business Objects, Cognos e Hyperion, disse Smith.

O Office 2007, que chegará aos usuários corporativos no final do ano, será a primeira versão do conjunto de aplicativos de escritório da empresa a ter as novas funções de BI.

"O mercado (de BI) está chegando ao ponto de amadurecimento, e se tornando grande o suficiente para que a Microsoft não o deixe inteiramente para terceiras empresas", disse Andrew Brust, chefe de novas tecnologias da consultoria TwentySix New York.

Brust diz que, até agora, a Microsoft vinha incluindo sua estratégia de BI junto à sua divulgação corriqueiramente partida de novas tecnologias. A companhia deve aos clientes corporativos explicações sobre como estas peças se encaixam em um grande conjunto de aplicações de BI que pode ser comparado com seus principais rivais.

O software da ProClarity é conhecido por sua grande capacidade de demonstrar estatísticas corporativas para usuários finais. Mesmo que o PerformancePoint não inclua esta função, a Microsoft planeja no futuro integrar a funcionalidade no Office, disse Smith.

*Elizabeth Montalbano é editora do IDG News Service, em São Francisco.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail