Home > Notícias

Vendas de computadores crescem 12,6%

O bom resultado mundial deve-se a alta demanda nos países asiáticos, de acordo com a IDC

Por Ben Ames, para o IDG Now!*

13/06/2006 às 18h50

Foto:

O bom resultado mundial deve-se a alta demanda nos países asiáticos, de acordo com a IDC

O mercado mundial de computadores cresceu 12,6% no primeiro trimestre de 2006, de acordo com a consultoria em tecnologia IDC. O resultado supera as estimativas da própria IDC, que previa um crescimento de 11,8% no primeiro trimestre de 2006.

A consultoria de tecnologia não informou, no entanto, a quantidade de computadores vendidas no primeiro trimestre.

A previsão é que, em 2006, sejam vendidos 230,2 milhões de computadores, Em 2005, foram 207,9 milhões de máquinas.

Os dados do estudo da IDC incluem a venda de desktops, notebooks, ultraportáteis e servidores x86, mas não handhelds.

A demanda extra, que surpreendeu os analistas, veio dos mercados asiáticos e do Japão. A Europa ocidental e os Estados Unidos tiveram resultados fracos, segundo a IDC.

A análise da IDC é que o bom desempenho dos mercados emergentes em comparação aos mercados maduros é que eles não sofrem com o atraso do Windows Vista, próxima versão do sistema operacional da Microsoft, cuja previsão de lançamento foi adiada para janeiro de 2007.

A expectativa da consultoria de tecnologia é que o mercado mundial de computadores cresça 10,8% em 2006 em função da queda de preços, da adoção de máquinas portáteis, como os laptops, e da agressiva competição entre fornecedores de PCs e os de componentes.

Apesar do resultado, considerado bom para o primeiro trimestre, as vendas de computadores é muito menor do que a alcançada em anos recentes. Em 2004, o crescimento foi de 15,1%. Em 2005, 16%.

Ben Ames é editor do IDG News Service, em Boston

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail