Home > Notícias

Crie sua lojinha virtual na web

Saiba como fazer e quanto custa criar um site para exibir sua empresa na rede mundial de computadores

Alice Sosnowski

21/06/2006 às 13h53

Foto:

Saiba como fazer e quanto custa criar um site para exibir sua empresa na rede mundial de computadores

Montar um pequeno comércio eletrônico pode custar apenas 60 reais por mês Já passou o tempo em que ter uma loja virtual era privilégio das grandes redes. Com o avanço das soluções de comércio eletrônico e os preços mais em conta, as pequenas empreendimentos também entraram nessa onda. Na empresa de hospedagem Locaweb, por exemplo, pode-se comprar uma solução simplificada de loja virtual por 60 reais mensais. “Fazemos a ponte entre a companhias e as operadoras de cartão de crédito”, explica Gilberto Mautner, vice-presidente de tecnologia e novos negócios. Além disso, o empresário precisa contratar um desenvolvedor para criar a loja. Apenas na Locaweb, 800 empresas de pequeno porte já apostaram na solução de e-commerce.

É o caso da NetbyNet. Após dez anos no mercado, a empresa decidiu investir 4 mil reais no desenvolvimento e na reestruturação de seu site, Desde 2005, o shopping online da companhia vende produtos de informática, como impressoras, monitores e notebooks. Após a divulgação da loja virtual no serviço de pesquisa e comparação de preços BuscaPé, a audiência da NetbyNet dobrou e, segundo seu diretor comercial, Rogério de Carvalho, tem gerado novos negócios, inclusive na loja real. “Apesar de ainda tímida, as vendas pelo site têm se mostrado promissoras para o negócio, e aumentado também nossa credibilidade junto aos clientes”, explica. Os Correios também oferecem a montagem de lojas virtuais por meio do CorreiosNet Shopping (shopping.correios.com.br), com possibilidade de divulgação no site da instituição. Logística para a entrega do produto, com planos de Sedex e entregas que cobrem todo o país, faz parte dos serviços dos Correios.

Além de mais seguras, as soluções de e-commerce oferecidas no mercado facilitam a vida do empreendedor, que não precisa correr atrás de tecnologias compatíveis com os sistemas de cobrança bancários ou por cartão de crédito. “O empreendedor começa a ver que, para ele, também é possível ter uma loja virtual sem gastar uma fortuna”, afirma Mautner.

Leia também:
>>
Marque presença na WEB

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail