Home > Notícias

Eurofarma estréia no projeto de nota fiscal eletrônica da Receita

A empresa farmacêutica deve migrar 100% do sistema de emissão de notas até agosto e prevê economia mensal de 25 mil reais

Por Redação do Computerworld.

22/06/2006 às 14h37

Foto:

A empresa farmacêutica deve migrar 100% do sistema de emissão de notas até agosto e prevê economia mensal de 25 mil reais

A empresa farmacêutica Eurofarma iniciou na quarta-feira (21/6) sua participação no projeto-piloto de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) conduzido pela Receita Federal e as Secretarias de Fazenda de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Maranhão, Goiás e Bahia.

O processo de migração prevê que nos meses de junho e julho a rede emita, paralelamente, notas de papel, informou a empresa.

A empresa acredita que em agosto o sistema já estará 100% eletrônico e deverá emitir cerca de 20 mil notas fiscais eletrônicas por mês.

Para substituir os papéis, a companhia adquiriu a solução de NF-e da Neoris, chamada Flow - e que utiliza a solução de segirança da True Access, responsável pela emissão, conferência e armazenamento dos certificados eletrônicos.

Segundo a Neoris, o produto foi desenvolvido tanto para integração com servidores de aplicação SAP como também com outros ERPs do mercado.

A previsão da Eurofarma é atingir uma economia de 25 mil reais por mês com aquisição de papel, impressão e armazenamento de documentos fiscais. Por isso, o retorno do investimento deve ocorre entre 12 e 18 meses.

O projeto-piloto da Receita conta com 19 empresas participantes - todas elas devem iniciar os testes até o fim de junho. O objetivo final do órgão federal é que todas as empresas no Brasil substituam as notas fiscais em papel tipo 1 e 1A, emitidas para circulação de mercadorias.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail