Home > Dicas

Dez dicas para rodar pacotes de segurança

Instalar e rodar um pacote de segurança completo pode ser uma empreitada complexa e até mesmo assustadora, principalmente se envolve trocar um produto de um fabricante pelo pacote de outro. Pedimos a várias empresas de segurança conselhos para instalar e manter um software de proteção de maneira adequada.

Narasu Rebbapragada

23/06/2006 às 16h07

Foto:

Instalar e rodar um pacote de segurança completo pode ser uma empreitada complexa e até mesmo assustadora, principalmente se envolve trocar um produto de um fabricante pelo pacote de outro. Pedimos a várias empresas de segurança conselhos para instalar e manter um software de proteção de maneira adequada. Veja a seguir.

numero01Jogue fora seu velho software de segurança:
você deve usar apenas uma ferramenta antivírus de cada vez. Desinstale totalmente um antivírus e reinicialize o PC antes de instalar outro. Além disso, desative o firewall do Windows quando usar o firewall de outra empresa; alguns produtos se oferecem para desativá-lo por você.

numero02Verifique a saúde da unidade de disco rígido: é aconselhável rodar o utilitário Chkdsk do Windows várias vezes antes da instalação para eliminar problemas de reparo na unidade de disco rígido do seu sistema. Vá a Iniciar, Executar e digite chkdsk na caixa de diálogo. Clique em OK.

numero03Renove o Windows: rode o Windows Update para garantir que o sistema esteja totalmente atualizado antes de instalar um software de segurança, o qual você também não deve se esquecer de atualizar.  

numero04Crie uma ficha de identificação: anote a data de instalação, o número de série e o telefone de suporte técnico do pacote de segurança para o caso de você ter dúvidas ou ocorrer algum problema. Você vai precisar ter estes dados à mão pois algumas chamadas de suporte técnico são cobradas por minuto.

numero05Rode um aplicativo antispyware extra: você pode rodar um utilitário antispyware separado junto com seu pacote de segurança, mas deve ter o cuidado de coordenar as agendas dos dois produtos para garantir que só haja um rastreador e um mecanismo de atualização rodando de cada vez.

numero06Mantenha-se em rede: PCs conectados a uma rede, particularmente via VPN, podem ter configurações customizadas. Se depois de instalar um pacote de segurança seu sistema tiver problemas durante a reinicialização, desconecte da rede. Ao carregar novamente o sistema, reconecte à rede e permita que o pacote faça as configurações do firewall. A maioria dos produtos tem um assistente para isso.

numero07Viabilize compartilhamento de arquivo e impressão: o firewall deve ter perfis predefinidos que possibilitem compartilhamento de arquivo e impressão; se não tiver, será necessário criar regras manuais que permitam tráfego TCP para as portas 1023 e  139. 

numero08Documente os erros: se um produto der qualquer indício de que há um problema – uma mensagem de erro ou um alerta de malware – anote o texto exato da mensagem inteira. Melhor ainda, faça uma captura de tela.

numero09Remova o lixo: se você se deparar com arquivos ou e-mails suspeitos, abandone a idéia de abri-los e investigar por conta própria. Mande-os para o fornecedor do produto de segurança, seguindo o procedimento apropriado. A maioria dos fornecedores possuem um método automatizado para usuários encaminharem arquivos suspeitos.

numero10Mantenha sua assinatura atualizada: nunca é demais enfatizar este ponto. Produtos de segurança são eficazes se forem a última atualização, e as atualizações, normalmente, não são fornecidas depois que a assinatura anual do produto expira. Quando o plano de assinatura acabar, não se esqueça de renovar ou trocar seu software de segurança.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail