Home > Notícias

Brasil tem 4 máquinas em ranking de supercomputadores

Na lista deste ano, País conta com um novo integrante no ranking, mas três máquinas da Petrobrás caíram de posição pela segunda vez

Por Redação do IDG Now!

28/06/2006 às 18h54

Foto:

Na lista deste ano, País conta com um novo integrante no ranking, mas três máquinas da Petrobrás caíram de posição pela segunda vez

Brasil manteve quatro máquinas no ranking Top500, mas conta com um novo integrante nesta lista divulgada nesta quarta-feira (28/06), durante a Supercomputing Conference, em Dresden, na Alemanha.

A estreante brasileira no ranking é uma máquina da PGS, empresa do setor petroquímico que presta serviços para a Petrobras.

Ela está em 374º lugar no ranking, com uma máquina equipada com 1.232 processadores e desempenho máximo de 2,6 teraflops (o que equivale a 2,6 trilhões de operações por segundo).

Os outros três supercomputadores pertencem à Petrobras e todos eles caíram de posição pela segunda vez consecutiva em comparação ao ranking divulgado em novembro de 2005.

No ranking divulgado hoje, as máquinas da Petrobrás ocupam 171ª, 173ª e 279ª posições. No ranking anterior, divulgado em novembro, eram 120º, 122º e 64º.

Umas das máquinas da Petrobrás, que estava em 381º lugar na lista de novembro, saiu do ranking.

O líder do ranking pela quarta vez consecutiva é o BlueGene/L, da IBM, que está instalado no Laboratório Nacional Lawrence Livermore, na Califórnia, nos Estados Unidos.

Ele tem desempenho de 280,6 teraflops (280 trilhões de operações por segundo). Nenhuma outra máquina do ranking ultrapassa aos 100 teraflops.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail