Home > Dicas

Planilha com velocímetro

Em sua coluna de estréia na PC WORLD, o especialista Fábio Vianna mostra todos os passos para inserir um gráfico em estilo velocímetro, ideal para índices de desempenho

Fábio Vianna*

10/07/2006 às 18h06

Foto:

Em sua coluna de estréia na PC WORLD, o especialista Fábio Vianna mostra todos os passos para inserir um gráfico em estilo velocímetro, ideal para índices de desempenho

Sua equipe atingiu as metas? Ou está longe disso? Um gráfico muito útil para mostrar indicadores e índices de desempenho, por exemplo, é é o de velocímetro. Seu nome vem da similaridade com o velocímetro de um carro - o gráfico possui um ponteiro e as marcações de "velocidade”. Neste caso, porém, queremos mostrar o quanto um determinado valor está posicionado em relação ao número desejado. Vamos imaginar que a meta de vendas para um determinado mês seja de R$ 1 mil e que a empresa conseguiu atingir R$ 800 deste total. Queremos, com o velocímetro, mostrar quanto este valor está posicionado em relação à meta.

A primeira coisa a fazer é colocar estes valores em uma planilha, como abaixo:
coluna1a

A seguir vamos calcular na linha 7 o quanto o valor já obtido representa em relação à meta. A fórmula ficará: =B6/B5

O Excel não tem um gráfico de velocímetro, mas é possível criar um a partir de outro tipo. O mais próximo de um velocímetro é o chamado gráfico de rosca (não pode ser o de pizza porque precisamos de duas informações: o ponteiro e as categorias. O gráfico de pizza somente nos daria o ponteiro).

O que faremos é montar um velocímetro, que, na verdade, é uma meia rosca. Como não dá para simplesmente cortá-lo ao meio, vamos criar uma metade que ficará “invisível”. E isto precisa ser feito, inicialmente, na planilha.

Todo gráfico de rosca (e de pizza) completo representa 100%, sem exceção. Somando todos os pedaços, eles devem dar 100%, independente da quantidade de fatias. Como precisamos de metade, vamos construir uma tabela conforme abaixo. Veja os valores e acompanhe as explicações.

Nesta tabela, vamos criar 3 colunas com informações. Na 1ª coluna, colocamos os valores que representarão a medida do ponteiro do velocímetro: 

 

Valor

Explicação

50%

Representa a metade que ficará “invisível”

40% (% da meta/2)

Como só sobrou meia rosca, precisamos pegar o % da meta já obtida e dividi-la por 2. É importante, neste caso, não digitar 40%, e sim colocar uma fórmula que pegue o valor da célula B7 (onde colocamos o cálculo da meta atingida) e a dividamos por 2. No exemplo, seu resultado será 40%.

100% - 50% - 40%

Como a rosca soma sempre 100%, calculamos aqui a diferença entre 100% e os 2 outros valores. Coloque nesta célula a fórmula =100% - 50% - 40% (este valor não pode ser um valor digitado, e sim a célula onde você fez o cálculo acima).

NOTA: o gráfico não funcionará para metas acima de 100%

Na 2ª coluna, vamos criar as categorias. Neste exemplo, vamos imaginar que teremos quatro categorias: Ruim, Regular, Bom e Ótimo.
Note que você pode criar quantas categorias quiser: 

Valor

Explicação

50%      

Representa a metade que ficará “invisível”

12,5%

Como teremos 4 categorias, vamos imaginá-las de tamanho igual. Como ainda temos 50%, dividimos por 4, o que dá 12,5%.

12,5%

Idem ao anterior

12,5%

Idem ao anterior

12,5%

Idem ao anterior

 
E na 3ª coluna colocamos o texto de cada categoria:

 

Valor

Explicação

(deixar vazio)

Isso porque esta fatia ficará escondida e, portanto, não pode aparecer nada nela.

Ruim

O velocímetro corre em sentido horário. Como a 1ª fatia ficará para baixo (50%), a segunda estará à esquerda dela (a partir das “9 horas”, imaginando um relógio).

Regular

Esta será a fatia que ficará a partir das “10:30 horas”

Bom

Esta será a fatia que ficará a partir das “12:00 horas”

Ótimo

Esta será a fatia que ficará a partir das “13:30 horas”

++++
Nossa tabela ficará assim:

coluna1c

Agora podemos construir nosso gráfico:

1. No menu Inserir > Gráfico, escolhemos o tipo Rosca. Em seguida clicamos em Avançar:

2. Na tela seguinte clicamos na aba chamada Série (ou Seqüência, dependendo da versão do Excel). Se aparecer alguma série (ou seqüência), clique no botão remover até apagar todas.

3. Agora, clique no botão Adicionar. À direita, coloque no Nome "Interno” e no campo de Valores,  coloque a lista de valores do ponteiro (em nosso exemplo, da célula A10 até A12):
coluna1e

4. Clicamos em Adicionar e em Nome escrevemos “Externo” e, em Valores, marcamos o intervalo, que, em nosso exemplo, vai de B10 até B14:
coluan1f

5. Em Rótulos de Categorias, marcamos o intervalo com os nomes das categorias, que em nossa planilha vai de C10 até C14.
coluna1g

6. Ainda em Rótulos de Categorias, escolhemos o intervalo com os nomes das categorias, que em nossa planilha vai de C10 até C14. Clique em Concluir.
coluna1h

7. Ainda há muito o que fazer no gráfico. Primeiramente apague os rótulos e tudo o que não seja o gráfico e o título (se não aparecer o título, mostraremos em seguida como apresentá-lo). Se a barra de ferramentas de gráfico não aparecer, vá em Exibir /Barra de Ferramentas/Gráfico.

++++
8. Com o gráfico selecionado, clicamos na caixa de seleção e escolhemos a opção Série (ou Seqüência) Interno e, em seguida, no botão de propriedades:
coluna1j

9. Na janela de propriedades, vá até a aba Opções e coloque em ângulo da primeira fatia o valor de 90º e em Tamanho do diâmetro interno da rosca  o valor de 10%. Dê OK.

10.  Ainda com a seleção, clique sobre a “fatia” dos 50% (se clicou corretamente, verá vários pontos contornando a fatia) e, em seguida ,clique sobre no botão de propriedade. Na aba Padrões coloque em Borda a opção Nenhuma e em Área a opção Nenhuma. Clique em OK.

11.  Faça a mesma coisa com a Série Externo. Se tudo deu certo, seu gráfico estará parecendo assim:

coluna1k

 12.  Selecione a Série Externo e nas propriedades, na aba Rótulos de Dados, marque a opção Mostrar Rótulo (ou Nome da Categoria, dependendo da versão do Excel). Clique em OK.

13.  Na Série Interno, clique separadamente em cada uma das fatias e formate-as para Área em branco e Linha para uma espessura maior. O gráfico se assemelhará a este:

coluna1l

14.  Ajuste cores, centralize até ficar no formato que mais lhe agrade. Nosso exemplo ficou assim:

coluna1m

15.  Na célula A19, coloque a fórmula: ="Receita já obtida: "&TEXTO(B6;"R$#.###") Ela servirá para colocarmos no gráfico a informação de quanto já foi atingida da meta.

16.  Agora, Clique no menu Gráficos > Opções de gráfico. Na aba Título, escreva qualquer coisa e dê OK.

17.  Com o título selecionado, vá até a barra de fórmulas coloque o sinal de = e clique sobre a célula A19. Dê ENTER. Assim, o título do gráfico será igual ao valor da célula A19. Se ela mudar, o título muda e deixa seu gráfico atualizado.

coluna1n

18.  Arraste o título para baixo, formate-o e seu gráfico de velocímetro está criado! Toda alteração no valor das vendas irá mover o ponteiro.

*Fábio Vianna é bacharel em Administração de Empresas pela EAESP/FGV, sócio-diretor do Centro de Excelência em Planilhas (www.c-excel.com.br) e tem mais de 10 anos de experiência em modelagem de planilhas

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail