Home > Notícias

Brasil tem parque de 33 milhões de computadores, segundo FGV

Estudo anual da fundação diz que 62% rodam o processador Pentium 4 e 0,1% do parque ainda tem configurações entre o XP e 486

Por Camila Fusco, repórter do Computerworld

26/07/2006 às 11h49

Foto:

Estudo anual da fundação diz que 62% rodam o processador Pentium 4 e 0,1% do parque ainda tem configurações entre o XP e 486

O Brasil encerrou o mês de junho com um parque instalada de 33 milhões de computadores, revelou a 17ª pesquisa anual sobre tecnologia da informação realizada pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (EAESP - FGV).

De acordo com o levantamento, o número leva em consideração os equipamentos em uso tanto nas residências quanto nas corporações. Do total de máquinas instaladas, 62% rodam o processador Pentium 4, 20% são comandadas por um Pentium 3, 12%, pelo Pentium 2 e 4%, por um Pentium 1. Outras configurações respondem por 2% dos equipamentos e as máquinas de XP a 486 apresentaram 0,1% do parque instalado.

Segundo o coordenador da pesquisa e professor Fernando Meirelles, o volume não decepcionou, apesar de ainda estar longe do desejável quanto à proporção máquina/pessoa - o índice de computadores em relação ao número de habitantes no País ainda é baixo. "No mais, podemos dizer que a informatização vai muito bem, obrigado."

A pesquisa revela também que até 2009 o País deverá registrar 50 milhões de máquinas em funcionamento.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail