Home > Notícias

Queda nos preços de LCD pode estar perto do fim, adverte WitsView

Segundo a consultoria, a redução na produção e o aumento na demanda devem estabilizar os preços ou até elevá-los no 2º semestre.

Por Dan Nystedt*

31/07/2006 às 14h26

Foto:

Segundo a consultoria, a redução na produção e o aumento na demanda devem estabilizar os preços ou até elevá-los no 2º semestre.


Os usuários interessados em comprar uma TV de LCD (liquid crystal display) devem pensar em aproveitar os próximos meses para adquirir o aparelho, pois a forte queda de preços pode ter chegado ao fim.

Os preços de telas de grande porte de LCD, usadas em TVs de cristal líquido, caíram mais de um quarto no segundo trimestre do ano, em relação ao primeiro, segundo a empresa de pesquisas WitsView Technology.

A redução deve gerar potenciais ofertas para os usuários nos próximos meses, já que a tela é, de longe, o componente mais caro da TV de LCD.

Os problemas da indústria começaram com a Copa do Mundo, segundo a WitsView. Os fornecedores de painéis LCD aumentaram a produção antecipadamente em função das vendas previstas para o torneio, mas parece que os consumidores não compraram tanto quanto se esperava.

A explosão nas vendas não aconteceu e o mercado ficou inundado com o excesso de produtos, o que levou a uma queda nos preços.

As TVs LCD registram constantes quedas de preço, conforme os fabricantes aumentam eficiência na produção e repassam a economia aos consumidores, mas quedas bruscas como a verificada nos últimos três meses não são tão freqüentes.

A redução repentina nos lucros dos fornecedores de painéis levou a uma desaceleração da produção. A redução no ritmo da fabricação pode ter evitado um excesso de produtos no mercado, mas não estabilizou os preços no segundo trimestre. No entanto, as medidas adotadas pelos fabricantes e a expectativa de um aumento da demanda entre os consumidores deve firmar os preços e pode até elevá-los a um patamar mais alto.

A LG.Philips LCD, uma das maiores fabricantes de LCD do mundo, disse esperar uma estabilização nos preços e um aumento nas vendas no segundo semestre, especialmente no quatro trimestre.

A queda nos preços do LCD foi tão forte no segundo trimestre que a empresa registrou um prejuízo de 322 bilhões de won (343 milhões de dólares), contra lucro de 48 bilhões de won no primeiro trimestre.

Uma das principais concorrentes da LG.Philips, a  AU Optronics, previu até uma redução de alguns pontos percentuais para o terceiro trimestre nos preços de LCD, graças aos estoques disponíveis no mercado.

”Os preços estão caindo mais rápido que conseguimos reduzir custos”, justificou o vice-presidente executivo da AU, Hui Hsiung, acrescentando que não espera uma recuperçaão antes de setembro.

*Dan Nystedt é editor do IDG News Service, em Taipei.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail