Home > Notícias

Philips inicia produção de TVs plasma de alta definição no Brasil

Aparelho complementa a linha de alta definição da empresa, que permitirá ao usuário desfrutar os benefícios da TV digital

Por Daniela Moreira, repórter do IDG Now!

02/08/2006 às 12h40

Foto:

Aparelho complementa a linha de alta definição da empresa, que permitirá ao usuário desfrutar os benefícios da TV digital

A Philips iniciou no mês de julho a produção da primeira TV de plasma de alta definição no País. O modelo, de 42 polegadas, vai complementar o portfólio da companhia em alta definição, que já inclui TVs de 17, 23, 26 e 32 polegadas, produzidos no Brasil, e outros dois modelos de plasma importados, um de 42 polegadas e outro de 50 polegadas, ambos com uma tecnologia chamada Ambilight.

De acordo com Sérgio Baptista, gerente geral de marketing e produto da Philips, a produção local do plasma de 42 polegadas - considerado “objeto de desejo” do consumidor - já estava prevista, mas está alinhada com o anúncio do padrão brasileiro de TV digital, que vai possibilitar a transmissão de programação em alta definição pela TV aberta.

“Com certeza devemos ter uma linha preparada para o futuro”, observa o executivo. De acordo com Baptista, a Philips detém mais de 30% das vendas de LCD e plasma no País, que devem superar 300 mil unidades em 2006. “Ainda é um número pequeno, perto dos 11 milhões de televisores que devem ser vendidos neste ano, mas é um segmento com crescimento muito forte”, destaca.

O novo modelo que será produzido no Brasil pela Philips custará 8 mil reais, 20% a menos que a atual modelo de 42 polegadas comercializado no país. A principal diferença entre os dois modelos é que o segundo conta com a tecnologia Ambilight, que projeta uma luz da mesma cor da imagem exibida na tela para o ambiente, aumentando a percepção do campo de visão e deixando o espectador mais “imerso” na tela.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail