Home > Notícias

AOL se reestrutura e irá demitir 5 mil ao redor do mundo

A estratégia seria um esforço de dar mais rendimento à unidade

Por Nancy Weil, para o Computerworld*

04/08/2006 às 10h15

Foto:

A estratégia seria um esforço de dar mais rendimento à unidade

A AOL irá cortar 5 mil postos de trabalho ao redor do mundo, o que representa um quarto de sua força de trabalho, para apoiar a reestruuturação da Time Warner, revelam informações divulgadas na imprensa mundial.

A estratégia seria um esforço de dar mais rendimento à unidade. Representantes da AOL e da Time Warner não comentaram os rumores até o momento.

A divulgação das demissões não é uma surpresa, e é esperado que sejam mais profundas na Europa, já que a companhia tem planos  de vender suas operações de acesso a internet em alguns países do continente.

Dando indícios de que mais mudanças estavam a caminho, no mês passado a AOL declarou que planejava anunciar novas estratégias. Um dos primeiros passos para as mudanças foi dado na quarta-feira (02/08), quando a companhia informou que não cobrará os internautas por conteúdo ou serviços, incluindo e-mail.

Com isso, a expectativa da Time Warner é de investir de 250 milhões a 350 milhões de dólares até o final do próximo ano para consolidar as mudanças. Metade do valor será direcionado à indenização dos funcionários demitidos.

A Time Warner tem esperança de que a AOL tenha uma forte receita proveniente de anúncios com seus novos serviços gratuitos, a fim de competir com companhias, como o Yahoo e o Google.

Nancy Weil é editora do IDG News Service, em Boston.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail