Home > Notícias

Wikipedia se concentrará em controle de qualidade durante o próximo ano

Jimmy Wales, fundador do serviço, afirma que enciclopédia online voltará suas atenção da quantidade para qualidade dos artigos escritos

Por China Martens, para o IDG Now!*

07/08/2006 às 10h21

Foto:

Jimmy Wales, fundador do serviço, afirma que enciclopédia online voltará suas atenção da quantidade para qualidade dos artigos escritos

A enciclopédia online gratuita Wikipedia precisa melhorar a qualidade do seu conteúdo no próximo ano, segundo Jimmy Wales, fundador do projeto, nesta sexta-feira (04/08).

"Teremos uma grande iniciativa de qualidade", Wales revelou ao público que assistia à sua palestra inaugural da Wikimani, congresso que junta projetos realizador pela Wikimedia Foundation, em Cambdrige, no Massachusetts.

Wales é o fundador e presidente do conselho da Wikimedia, uma corporação sem fins lucrativos que opera a Wikipedia junto a outras iniciativas em wiki. O termo 'wiki' descreve sites que podem ser acessados e modificados usando uma interface dentro do navegador do usuário.

Com a versão em língua inglesa da Wikipedia juntando mais de 1,3 milhões de artigos, chegou a hora de ter uma abordagem mais cuidadosa com seu conteúdo. "Continuaremos a voltar nossa atenção do tamanho para a qualidade", disse Wales.

A Wikipedia e Wales lutaram contra críticas por informações imprecisas contidas na enciclopédia, que foi pensada originalmente para permitir que qualquer um adicione e edite conteúdo no site.

Uma publicidade negativa atingiu considerável fervor na mídia graças a um artigo escrito pelo jornalista norte-americano John Seigenthaler sobre dados encontrados em sua biografia na Wikipedia.

O conteúdo difamatório, que ficou mais de quatro meses inalterado no site da Wikipedia, ligava Seingenthaler aos assassinatos do presidente norte-americano John Kennedy e de seu irmão Robert Kennedy, procurador oficial dos Estados Unidos, para quem Seigenthaler trabalhou como assistente.

"Este episódio foi muito ruim, um erro terrível, e nós conseguimos consertar realmente rápido", analisou Wales, notando que teve que participar de uma discussão com o jornalista na CNN em dezembro sobre o caso, ocasião em que o tráfego da Wikipedia quase triplicou.

Desde a época, foram instalados controles na Wikipedia. Administradores de sistema têm a habilidade de bloquear acesso ao site para certos usuários que vandalizam repetidamente a enciclopédia.

Wales admite que as políticas da Wikipedia para biografias de pessoas vivas precisa de refinamento. A abordagem da Wikipedia em lidar com reclamações por pessoas questionando o conteúdo escrito sobre si mesmo precisa ser revisto, revelou.

Logo após a controvérsia, a Wikipedia se beneficiou da boa repercussão de um estudo da revista de ciência Nature que descobriu que artigos científicos online têm uma média de três erros, menos se comparado aos quatro encontrados na tradicional Encyclopaedia Britannica.

"O estudo contrariou algumas pessoas que diziam que a Wikipedia era uma concha de retalhos", disse Wales. "Tivemos bastante sorte, já que somos mais fortes em ciência do que em outras áreas de humanidades”, acrescentou. Wales revelou que a Wikipedia deverá ganhar melhores editores de arte para melhorar sua cobertura de humanidades.

"Não somos tão bons quando a Britannica ainda", disse ele. "Nosso trabalho esta ficando melhor e melhor".

Olhando para frente, a Wikimedia planeja criar um quadro de diretores mais formal para ajudar no controle de qualidade da Wikipedia, disse Wales.

"Juntaremos um monte de gente interessante que têm contatos, conhecimento, perspectiva, prestígio e visões estratégias para nos ajudar", acrescentou.

A Wikimedia já tem um conselho geral e um chief executive office (CEO) interino na pessoa do advogado Brad Patrick, que se juntou à fundação há dois meses. Patrick terá como função procurar por um CEO permanente, segundo Wales.

*China Martens é repórter do IDG News Service, em Boston

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail