Home > Notícias

Apple apresenta preview da nova versão do sistema Leopard

Mac OS X 10.5 traz backup facilitado, suporte a 64-bits e desktops divididos

Por Jonny Evans, para o IDG Now!*

08/08/2006 às 10h38

Foto:

Mac OS X 10.5 traz backup facilitado, suporte a 64-bits e desktops divididos

A Apple apresentou publicamente nesta segunda-feira pela primeira vez a versão 10.5 do seu sistema operacional Mac OS X, conhecido como Leopard.

Esta é a sexta versão do sistema da Apple a ser lançada até agora, e inclui uma ampla lista de novas funções, incluindo a Time Machine, novo utilitário da Apple focado em backup e gerenciamento de arquivos.

O Leopard também inclui, segundo a Apple, "avanços vistos pela primeira vez na indústria" no Mail e no iChat, incluindo novas listas de tarefas e recados no Mail e os efeito Photo Booth, pelos quais o usuário pode se colocar sobre um cenários fictício durante uma conversa por vídeo ou na montagem de um álbum de fotos.

"Novidades exclusivas como a Time Machine e o Spaces são bons exemplos de como o Mac OS X é lidera as inovações na indústria de sistemas operacionais", disse Steve jobs, presidente e co-fundador da Apple. "Enquanto a Microsoft tenta copiar a versão do Mac OS X que lançamos a anos atrás, estamos anos a frente com o Leopard".

A Time Machine automaticamente salva todos os arquivos do Mac para um disco rígido externo ou o Mac OS Server. Caso um arquivo seja perdido, usuários podem buscar no "passado" por uma interface intuitiva para encontrar e automaticamente restaurar o documento - com apenas um clique, a Time Machine pode restaurar quaisquer dados dentro de um Mac.

Outra nova função, chamada de Spaces, é uma extensão focada na produtividade do usuário. Explicado pela Apple como uma "maneira intuitiva de agrupar aplicações necessárias para determinadas tarefas em um espaço", para que o usuário possa alternar entre os diferentes grupos de aplicações para usar programas específicos para determinadas tarefas.

A companhia explica: "usuários podem ter uma visão geral de todos os Spaces e escolher onde irão em seguida com o apertar de uma tecla ou o click do mouse".

O iChat também deu mais um passo adianta. A aplicação pode agora usar imagens selecionadas pelo usuário como plano de fundo, assim como posicionar vídeo e usar o iChat Screen Sharing para compartilhar seu desktop com outros, melhorando a interação em projetos que pedem colaboração.

Outra nova função, o iChat Theater, permite que usuários compartilhem um slide shows do iPhoto, um filme do Quicktime ou uma apresentação em vídeo dentro da mesma janela de iChat.

O Mail do Leopard também oferece novos avanços, como templates de e-mail já prontos, aplicações para tomar notas, listar tarefas e ler feeds de RSS e o Smart Mailboxes para a observação de tópicos definidos para mensagens.

A Apple, no entanto, não está completamente focada em oferecer aplicações para consumidores. O novo sistema operacional oferecerá suporte nativo a aplicações em 64-bits. Isto permitirá que aplicações explorem processamento em 64-bits enquanto mantém total desempenho e compatibilidade de drives e aplicativos para o Mac OS X com 32-bits.

A empresa também promete "melhorias" para o Boot Campo, tecnologia da Apple oferecida como beta em abril que permite que Macs com chips Intel rodem o sistema rival Windows.

O Leopard deverá trazer também melhorias no Spotlight, que será mais preciso e rápido em suas buscas, além de permitir que usuários procurem arquivos em pastas distribuídas pela rede.

Novas funções adicionais ao Mac OS X 10.5 incluem novos controles de censura de conteúdo para pais, o sistema Core Animation, que permite a criação rápida de efeitos visuais, e novas ferramentas de proteção contra phishings.

A Apple anunciou que o Leopard estará disponível na primavera no Hemisfério Norte, que começa no final de março.

*Jonny Evans é editor do MacWorld, em Londres.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail