Home > Notícias

Apenas no mês de julho, Brasil totaliza 120 mil CDs piratas apreendidos

Balanço da Abes, BSA e ESA registra ainda três prisões em flagrante e 22 sites que vendiam software pirata desativados

Por Redação do IDG Now!

15/08/2006 às 11h49

Foto:

Balanço da Abes, BSA e ESA registra ainda três prisões em flagrante e 22 sites que vendiam software pirata desativados

No último mês de julho, as ações de combate à pirataria de software no Brasil resultaram na apreensão de 120 mil CDs piratas e três prisões em flagrante, segundo o balanço publicado nesta terça-feira (15/08) pela Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes), pela Business Software Alliance (BSA) e pela Entertainment Software Association (ESA).

De acordo com as associações, também foram retirados do ar 22 sites destinados à venda de software pirata, além de cerca de quatro mil anúncios em sites de leilão e cinco anúncios em jornal, que divulgavam o comércio de software ilegal.

A BSA recebeu, no mês de julho, 359 ligações de denúncia de pirataria. Desse total, 66 foram de denúncias contra o comércio ou uso ilegal de software. Já as denúncias por e-mail somaram 209, de um total de 373 mensagens recebidas. Como resultado das denúncias, a BSA enviou 58 notificações extrajudiciais às empresas infratoras, que resultaram em oito ações judiciais.
 
O índice de pirataria de software no Brasil em 2005 foi de 64%, 29 pontos porcentuais acima da média mundial. No ano passado, a indústria nacional sofreu perdas da ordem de 766 milhões de dólares por conta da pirataria. O mercado nacional de software e serviços ocupa atualmente a 12ª posição no cenário mundial e movimentou, em 2005, cerca de 7,41 bilhões de dólares, segundo a Abes.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail