Home > Notícias

Dell tem queda de 51% no lucro, mas anuncia lançamentos

Lucro da empresa foi de US$ 503 milhões, no segundo trimestre. Companhia anunciou ainda que vai lançar desktops AMD em setembro

Por Ben Ames, para o IDG Now!*

18/08/2006 às 10h40

Foto:

Lucro da empresa foi de US$ 503 milhões, no segundo trimestre. Companhia anunciou ainda que vai lançar desktops AMD em setembro

A estratégia de cortes de preços e o mercado desacelerados foram os culpados pela queda de 51% no lucro da Dell, que foi de apenas 503 milhões de dólares no segundo trimestre, alegou a companhia.

A empresa revelou ainda que está sendo investigada pela SEC (Securities and Exchange Commission), nos Estados Unidos, por questões ligadas ao reconhecimento de receita e relatórios financeiros em certos períodos anteriores ao ano fiscal de 2006.

A Dell teve lucro de 1,02 bilhão de dólares no segundo trimestre de 2005, o equivalente a 41 centavos de dólar por ação.

Neste ano, a companhia teve lucro de apenas 22 centavos de dólar por ação e receita de 14,1 bilhões de dólares, Analistas ouvidos pela Thomson previam lucro de 25 centavos por ação.

A Dell anunciou ainda a expansão do acordo com a AMD, anunciado no primeiro trimestre do ano, e vai lançar os desktops Dimension com chip da companhia em setembro.

Para analistas, a migração para AMD pode gerar tropeços e atrasos no desenvolvimento de produtos, já que a companhia trabalhava apenas com a Intel até maio deste ano e terá que contratar novos engenheiros para criar seus PCs com AMD.

Diante dos resultados deste trimestre, a companhia prometeu mudanças para o próximo. “Podemos fazer melhor, sabemos disso”, disse o desapontado CEO Kevin Rollins.

Já o presidente do conselho da companhia, Michael Dell, foi além. “Estamos explorando todas as formas para acelerar os novos lançamentos e melhorar os custos”.

Depois de falhar em atingir a meta em maio, a companhia gastou 100 milhões de dólares para melhorar os serviços de atendimento ao cliente.

Na última quarta-feira (16/08), o crescimento em PCs anunciado pela rival HP colocou em xeque a desculpa da Dell de que o mercado está desacelerado. Os resultados podem posicionar a HP mais perto da líder mundial Dell.

Como parte dos revezes sofridos nesta semana, a Dell anunciou o recall de 4,1 milhões de baterias de notebooks.

*Ben Ames é editor do IDG News Service, em Boston.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail