Home > Notícias

Estudo mostra que propriedades de TI não estão seguras

Estudo da Softchoice mostra que companhias falham na tarefa de proteger dados

Por Redação da CIO/Canadá

21/08/2006 às 10h24

Foto:

Estudo da Softchoice mostra que companhias falham na tarefa de proteger dados

Recente estudo realizado pela Softchoice revela que organizações norte-americanas estão se expondo a significativos riscos financeiros e de segurança por causa da falta de habilidade de gerenciar de forma apropriada suas propriedades de tecnologia.

De acordo com a pesquisa, situações de falta de software anti-vírus, software sem conserto de falhas e mal gerenciamento do ciclo de vida do hardware estão impactando negativamente a produtividade dos trabalhadores nos Estados Unidos.

Esses fatores prejudicam a monitoração do ambiente de TI e limita o rendimento das organizações, expondo-as a riscos desnecessários.

“Nossas descobertas mostram que muitas organizações não calculam o valor de manter adequadamente as práticas de gerenciamento de propriedade ou acreditam erroneamente que existem problemas maiores com que precisam se preocupar. Isso não é certo”, acredita o gerente da Softchoice, Edwin Jansen.

Enquanto a maioria das empresas dizem que não crêem estar bem protegidas, 6% foram encontradas perdendo software de antivírus inteiros e 5% estavam sem controle e esquecendo as datas de atualizações.

Além disso, 23% dos PCs das organizações foram achados perdendo Operating System Service Packs, uma linha crítica de defesa de usuários contra as últimas ameaças de vírus.

“Existe uma grande diferença entre quanto as pessoas estão seguras e quanto elas pensam que estão. POucas sabem quais proteções foram desenvolvidas para protegê-las”, relata Dean Willians, autor do estudo.

Esse descompasso, segundo ele, está traduzindo diretamente os sérios riscos que correm, mesmo para organizações que investem substancialmente em network e soluções de segurança do desktop.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail