Home > Notícias

Pleomax oficializa chegada e traz mídias dual layer

Empresa quer liderar mercado de mídias até o início de 2007

Por Mario Nagano

22/08/2006 às 19h02

Foto:

Empresa quer liderar mercado de mídias até o início de 2007

Como adiantou a PC World na semana passada, a Samsung Brasil oficializou nesta terça-feira (22/08) a chegada da marca Samsung Pleomax, que comercializará periféricos para PCs e mídias ópticas, além de pilhas e baterias.

Também faz parte dessa linha uma grande variedade de CDs/DVDs graváveis
e regraváveis, disquetes e algumas mídias raras por aqui, como
DVD+Rs Dual Layer e mini DVD-R/RW (usado em filmadoras).

A linha de pilhas e baterias será formada tanto pelos tipos mais comuns
como as pilhas de 1,5V e 9V de zinco-manganês e alcalinas passando
pelas baterias botão de Lítio (CR2016, CR2025, CR1220, CR1620 e CR2032)
e a A23 Alacalina de 12V. Além dos tradicionais blisters de uma, duas e
quatro pilhas a Pleomax irá trazer pacotes "tamanho família" de 10, 12
e 28 unidades, muito populares em lojas de material de escritório como
a Staples e a Office Depot nos EUA.

Até 2007 a empresa também planeja entrar no mercado de iluminação com
lâmpadas fluorescentes compactas e lâmpadas halógenas para carros.

Segundo a empresa, o nome Pleomax vem da combinação das
palavras Pleo (mais) e Max (máximo) ou seja, algo como "muito mais" ou
"excedendo o máximo".

Luis Carlos de Carvalho, gerente comercial da nova marca no Brasil,
destacou alguns pontos fortes da linha de armazenamento como a boa
apresentação de seus produtos, desenhos diferenciados e o uso de chips
de memória e discos rígidos da própria Samsung nas suas linhas de
cartões de memória, memory keys e discos rígidos portáteis com porta
USB.

Estratégia de mercado

Apesar de o anúncio oficial ter sido hoje, a Pleomax está no Brasil desde o ano passado e seus primeiros produtos começaram a chegar às lojas desde fevereiro de 2006. Já é possível encontrar alguns produtos da marca na rede Kalunga e na sua loja virtual.

Para essa nova fase de expansão, a companhia elegeu dois distribuidores: a CH Tech/Procalc para a linha de periféricos e a Office Solutions, que também irá trabalhar com as pilhas e baterias, além de ter exclusividade na distribuição de mídias.

Carvalho explicou que a escolha da Office Solutions se baseou no fato de ela ser considerada um dos grandes players no mercado de mídias, já que trabalhou no passado com a Imation e  atualmente atua com a Sony.

++++

A CH Tech/Procalc, por sua vez, tem uma tradição no mercado de produtos de escritório e acessórios de informática e grande experiência em atender pequenos e médios negócios por todo o País.

Segundo Lucas Huang, da Procalc, seu poder de penetração do mercado também permitiria que outros produtos da Pleomax como mídias e pilhas também chegassem aos seus clientes, e ele se tornaria um sub-distribuidor da Office Solutions.

A estratégia da Pleomax é posicionar seus produtos num nicho intermediário entre os fabricantes de produtos mais simples e de baixo custo e os grandes players desse mercado, como Logitech e Microsoft. A estimativa é de que a diferença de preço fique em torno de 20 a 25% abaixo do cobrado por essas empresas para produtos de igual qualidade.

Sua meta é bastante audaciosa: conquistar até o final de 2007, 25% do mercado de mídias, 10 % de pilhas e baterias e 10 % do segmento de periféricos.

Inácio Gusmão presidente da Office Solutions foi mais audacioso ainda: ele espera que a Pleomax seja a marca número 1 do segmento de mídias até o primeiro trimestre de 2007, deixando para trás marcas como Imation, Sony, Maxel, etc.

Segundo a agência ACNielsen, estima-se que o mercado brasileiro de pilhas de 2005 faturou em torno de 980 milhões de reais e o mercado de mídias tenha se aproximado a 990 milhões de reais no ano.

Até o final de 2006, a Samsung espera um faturamento em torno de 16 milhões de dólares com a nova marca no Brasil.

Segundo Carvalho, a empresa não descarta a possibilidade de fabricar localmente. Mas a decisão do que produzir, quando começar e em que quantidades dependerá dos resultados das vendas e da demanda do mercado.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail