Home > Notícias

Sony Pictures entra no mercado de vídeo online com compra do Grouper

Conglomerado paga US$ 65 milhões por 2º site de vídeo mais popular da web e planeja colocar conteúdo registrado para que usuários editem

Por Martyn Williams, para o IDG Now!*

23/08/2006 às 10h29

Foto:

Conglomerado paga US$ 65 milhões por 2º site de vídeo mais popular da web e planeja colocar conteúdo registrado para que usuários editem

A Sony Pictures Entertainment está apostando no crescente mercado em expansão de compartilhamento de vídeo online ao comprar a Grouper Networks, operadoras privada do site grouper.com.

A unidade da Sony  pagará 65 milhões de dólares para adquirir a companhia, que aparece como segundo lugar no mercado de vídeo online, atrás apenas do YouTube, disse Jonathan Shambroom, vice-presidente de desenvolvimento de produtos, durante entrevista por telefone.

Assim como serviços competidores, o grouper.com permite que usuários enviem vídeos próprios e assistam arquivos por um tocador em Flash. Além disto, o site permite que usuários baixem vídeos para o desktop e oferece versões formatadas de visualização para o PlayStation Portable, da Sony, e o iPod, da Apple.

O site também torna possível que material em vídeo seja integrado ao blog do usuário e permite comentários visuais pela webcam em material já existente.

O serviço também oferece uma ferramenta de software que permite que usuários editem vídeos, adicionem trilhas sonoras e legendas e produzam trechos finalizados de arquivos. Como resultado da aquisição da Sony, é possível que usuários possam editar conteúdo registrado da Sony e combine com arquivos próprios para produzir documentos que serão compartilhados na rede, disse o executivo.

As diversas questões de direitos autorais e tecnologias DRM necessárias precisarão ainda ser estudadas pela Sony antes que o conglomerado coloque online conteúdo próprio no serviço, mas a possibilidade foi um dos grandes atrativos para a aquisição, disse ele.

Sob os termos da compra com a Sony, o atual grupo que dirige o Grouper Networks continuará em seu lugar.

A compra acontece ao mesmo tempo em que sites de compartilhamento de vídeo estão explodindo. Em julho, pela primeira vez, um site do tipo quebrou a barreira dos 50 sites mais populares da internet, segundo ranking Media Matrix da comScore Networks. O YouTube entrou na lista mensal na 40ª posição com 16 milhões de visitantes, um aumento de 20% contra junho, disse a consultoria.

Dados do Grouper indicam que o site teve cerca de 10 milhões de usuários únicos durante julho.

A popularidade do vídeo online também ajudou a empurrar o tráfego de sessões de vídeo em portais. O MySpace Videos, que tinha 20 milhões de visitantes online, viu o tráfego dobrar em julho e o líder da lista Yahoo! Video teve crescimento de 28% durante o período, registrando 21,1 milhões de visitantes, disse a comScore.

*Martyn Williams é editor do IDG News Service, em Tóquio.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail