Home > Notícias

Google planeja fechar Orkut no Brasil caso não haja acordo com Justiça

Buscador cogita bloquear acesso de brasileiros à rede social caso não chegue a acordo com Ministério Público Federal, diz jornal

Por Redação do IDG Now!

25/08/2006 às 14h41

Foto:

Buscador cogita bloquear acesso de brasileiros à rede social caso não chegue a acordo com Ministério Público Federal, diz jornal

O Google Inc. planeja proibir que usuários brasileiros acessem sua rede social Orkut caso a empresa não chegue a um acordo com o Ministério Público Federal, segundo notícia publicada nesta sexta-feira (25/08) no jornal Folha de São Paulo.

De acordo com a notícia, fontes dentro da companhia afirmam que, caso não consiga conter a ações de usuários envolvidos com assuntos maliciosos, como pedofilia, incitação ao ódio e tráfico de drogas, o Google Inc. planeja fechar o serviço no Brasil.

O suposto fim das atividades da rede social, gerenciada pelo Google na Califórnia, no Brasil reflete a ação iniciada pelo Ministério Público Federal na última terça-feira (22/08), que ordena que o Google Inc. libere informações de usuários envolvidos com crimes digitais.

A direção do Google Inc. estima que, mesmo com um acordo com a Justiça, o buscador pode sair do caso com sua imagem arranhada entre usuários brasileiros, responsáveis por mais de 70% da base do Orkut, segundo a notícia.

O jornal ainda afirma que o Google Inc. teme ceder informações de seus usuários sem o intermédio da Justiça dos Estados Unido por um possível uso político dos dados pelo Governo brasileiro.

Anteriormente, o Google já havia negado aos Governos da China e do Irã informações sobre usuários considerados dissidentes dentro dos regimes governamentais.

O descumprimento da ordem judicial implica em multa diária de 200 mil reais, além de pagamento de 130 milhões de dólares como indenização pelos casos não cumpridos - quantia equivalente a 1% do faturamento da companhia durante 2005.

Caso a desobediência se mantenha, o Ministério Público federal pede o fechamento das operações do Google Brasil.

Oficialmente, o Google Brasil afirma que não fornecerá os dados solicitados pois, conforme a empresa alega no pedido de liminar enviado à Justiça nesta segunda-feira, não possui acesso aos dados hospedados na matriz norte-americana.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail