Home > Notícias

Vivo reavalia sua política de bloqueio à utilização de Bluetooth

Operadora está revendo a política que proíbe seus clientes de utilizarem a conexão sem fio

Por Daniela Moreira, repórter do IDG Now!

28/08/2006 às 10h49

Foto:

Operadora está revendo a política que proíbe seus clientes de utilizarem a conexão sem fio

A Vivo está reavaliando a sua política de bloqueio aos recursos de comunicação sem fio por Bluetooth em aparelhos celulares habilitados pela operadora. Graças à crescente popularidade da tecnologia, até meados do próximo mês, a companhia pode ter um novo parecer sobre a liberação da função, que é nativa do aparelho, mas é bloqueada durante a programação dos terminais pela operadora.

A empresa alega que o bloqueio tem como motivação proteger os direitos autorais - coibindo a troca indiscriminada de imagens, músicas e aplicativos - e garantir a segurança dos usuários - já que o recurso os expõe a possíveis invasões e vírus para celular.

De acordo com entidades de defesa do consumidor, como o Procon-SP e a ONG Pro Teste, a operadora é negligente na forma como comunica aos usuários que este recurso é bloqueado nos aparelhos que vende.

“Tivemos dois casos de usuários que foram informados na loja da Vivo que os aparelhos que estavam adquirindo contavam com recursos de Bluetooth e só depois da compra descobriram que não poderiam utilizá-los”, relata Marcia Christina de Oliveira, técnica de defesa do consumidor do Procon-SP.

Segundo a especialista, nesta situação, o usuário tem o direito de requerer, no mínimo, o direito de mudar de operadora para que possa usufruir plenamente dos recursos do aparelho.

Nenhuma outra operadora móvel brasileira restringe o uso do Bluetooth. A Vivo permite a utilização parcial do recurso, liberando a comunicação do aparelho com fone sem fio no padrão.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail