Home > Notícias

Uma semana após ataques a PT e PFL, site do PDT é invadido

Após invasão nas com referências ao PSDB, novo grupo picha site do Partido Democrático Trabalhista com protesto contra governo

Por Guilherme Felitti, repórter do IDG Now!

31/08/2006 às 11h29

Foto:

Após invasão nas com referências ao PSDB, novo grupo picha site do Partido Democrático Trabalhista com protesto contra governo

Pouco menos de uma semana após os sites do PT e do PFL serem invadidos, o Partido Democrático Trabalhista (PDT), que tem Cristovam Buarque como candidato a presidente, teve três sites invadidos na terça-feira (29/08) por um grupo de hackers.

Segundo anúncio do site de rastreamento de ataques Zone-H, o grupo H4ck3rsBr se aproveitou de uma falha de SQL Injection no servidor que hospedava o site para desfigurar três páginas do partido.

O site nacional do PDT, já reestabelecido, foi pichado com protestos contra a corrupção na gestão do presidente Luíz Inácio Lula da Silva e da suposta engenharia social empregada pelo agora candidato à presidência do candidato Cristovam Buarque quando ocupava o Ministério da Educação.

Já a página do PDT alagoano apresenta comentários irônicos do grupo dentro de uma extensa lista com coligados ao diretório regional do partido.

Único site ainda não reestabelecido, o www.pdtche.com.br intensifica os ataques contra o candidato do PT à reeleição, classificando o aumento no salário mínimo de "insignificante" e pedindo que os eleitores votem em outros partidos (inclusive o PDT), mas não no PT.

Nos dois ataques com protestos contra o Governo, o grupo H4ck3rsBr afirma que atacará páginas de outros partidos.

Na semana passada, o grupo Bios Team pichou os sites nacionais do PT e do PFL também com protestos contra a atuação do Governo Lula, com textos que remetem à candidatura do representante do PSDB, Geraldo Alckmin, à presidência.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail