Home > Notícias

Spams e malwares custam € 136 mil por ano às companhias, diz Panda

Estudo afirma que infecções e navegação por fins pessoais, que representou 40% de todo o tráfego corporativo, levam empresas à cifra

Por Redação do IDG Now!

14/09/2006 às 13h59

Foto:

Estudo afirma que infecções e navegação por fins pessoais, que representou 40% de todo o tráfego corporativo, levam empresas à cifra

Os ataques de pragas digitais somados ao comportamento dos funcionários que navegam durante o horário de trabalho custam, em média, 136 mil euros a empresas por ano, segundo levantamento divulgado pela Panda Software nesta quarta-feira (13/09).

A empresa de segurança chegou ao número somando gastos de manutenção após infecções de malwares e o custo da produtividade perdida por funcionários que usam o ambiente corporativo para fins pessoais.

O levantamento afirma ainda que um quinto (21%) de todo os e-mails recebidos pelas companhias é spam e que 5% de todo o tráfego dos sites acessados pelas empresas contém malwares.

A navegação por fins pessoais atingiu quase uma hora do expediente diários de funcionário das 20 empresas européias consultadas para o levantamento.

Com isto, o uso não corporativo da web somou quase 40% de todo o tráfego corporativo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail