Home > Notícias

iG anuncia linha de serviços para pequenas e médias empresas

iG Empresas oferece serviços de hospedagem, servidor dedicado, registro de domínios, templates, contas de e-mail personalizadas, acesso à internet banda larga e ainda incentiva a revenda de seus próprios serviços

Camila Rodrigues, especial para a PC WORLD

19/09/2006 às 19h21

Foto:

iG Empresas oferece serviços de hospedagem, servidor dedicado, registro de domínios, templates, contas de e-mail personalizadas, acesso à internet banda larga e ainda incentiva a revenda de seus próprios serviços

O Internet Group lançou, nesta terça-feira (19/09), o portal iG Empresas, que oferece serviços de hospedagem, servidor dedicado, registro de domínios, templates (padrões) para a criação do site, contas de e-mail personalizadas, acesso à internet banda larga para micro, pequenas e médias empresas (SMB), além de notícias e informações para o setor.

De acordo com o IBGE, 90% deste mercado ainda não explora a internet para divulgar seu negócio e nem para realizar transações comerciais. Bruno Sena, chief operation officer (COO) do Internet Group, observa que “este é um mercado esquecido, sem grandes players”. Quem apresenta serviços em um formato semelhante no Brasil é o Terra, por meio do Terra Empresas. O portal comercializa ainda aplicativos de segurança da informação. O portal MSN também possui uma página com informações e produtos para este mercado, mas tudo exclusivamente da Microsoft.

Aqueles que utilizam produtos como hospedagem de sites e e-mails da BrTurbo, também do Internet Group, poderá migrar para o iG Empresas, afirma o diretor de produtos e serviços André Molinari. “Porém, a mudança não será automática”, alerta.

Os produtos do iG Empresas já estão disponíveis e os preços variam conforme o pacote. Por exemplo, a hospedagem de um site ou serviço online cujo tamanho seja de até 100 MB e 50 caixas postais custa 14,90 reais por mês.  Molinari explica a política de preços: “A idéia é incentivar a criação de websites por pequenas empresas e o custo da hospedagem, neste caso, está bem abaixo do preço de mercado”.

Para contratar os serviços de servidores compartilhados, há pacotes de serviços de 14,90 reais a 219 reais mensais, enquanto para servidores dedicados (de uso exclusivo), o investimento fica entre 1100 reais a 2490 reais, além do custo de instalação.

O registro de um endereço na web custa 30 reais, assim como em outros sites que comercializam domínios. Outro atrativo do iG Empresas são os 120 templates (ou padrões de páginas), que facilitam o desenvolvimento do site.

O oferecimento de noticias e informações de diversos segmentos de SMBs será suprido pela equipe editorial do iG e por parceiros, como a editora Abril. Segundo Molinari, o iG está investindo em ampla cobertura jornalística de eventos direcionados a pequenas e médias empresas, para a produção de conteúdo para o portal.

O iG Empresas também abre oportunidades para revender seus próprios produtos. A idéia é que os serviços de domínios e hospedagem de sites sejam agregados ao desenvolvimento de sites e o serviço, oferecido a terceiros. É uma maneira de você montar o seu próprio provedor e oferecer um ambiente de hospedagem de sites. Neste caso, o revendedor paga um preço especial, cuja tabela de preço está disponível no site.

Mais aplicativos

O projeto foi iniciado em janeiro deste ano, quando a companhia começou a analisar as oportunidades deste mercado. Molinari adianta que, ainda este ano, serão disponibilizadas ferramentas de loja online para SMBs. “Estamos adaptando a própria plataforma de e-commerce do iG para pequenas empresas”, detalha.

Também será lançado ainda em 2006 o “escritório virtual”, um serviço estruturado sob o conceito de Web 2.0, que, segundo descrição do executivo, inclui compartilhamento de calendário e outros aplicativos de escritório, semelhante ao que se faz com o Lotus Notes ou Outlook, mas sem a necessidade de manter um servidor dentro da empresa.

Para 2007, os usuários podem aguardar por um serviço de VoIP para empresas que está em fase de finalização. O Lig, que é voltado para usuário final, está sendo formatado para adaptadores de telefones analógicos (ATA). No próximo ano também deve ser lançado um mini sistema de gestão (ERP) para este mercado. Molinari não quis adiantar quem será o parceiro no oferecimento desta solução, nem deu mais detalhes em relação ao funcionamento.

Com esta nova oferta, o Internet Group espera passar de 70 mil para 150 mil pequenas empresas em sua carteira de clientes até o final de 2007. A expectativa de faturamento este ano é de 15 milhões de reais e, em 2007, o resultado deve ficar entre 40 milhões e 50 milhões de reais, prevê o executivo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail