Home > Notícias

IDF: próxima versão do Centrino será voltado para o Vista

Prometido para o primeiro semestre de 2007, a plataforma Santa Rosa, que substituirá a Centrino, será capaz de rodar qualquer versão do próximo sistema operacional da Microsoft

Mário Nagano, da PC World

28/09/2006 às 13h11

Foto:

Prometido para o primeiro semestre de 2007, a plataforma Santa Rosa, que substituirá o Centrino Duo, será capaz de rodar qualquer versão do próximo sistema operacional da Microsoft

A Intel revelou nesta quinta-feira (28/09) mais detalhes sobre o sucessor da plataforma móvel Centrino Duo, cujo codinome é Napa, durante o Intel Developer Forum (IDF). Conhecido pelo codinome Santa Rosa, ele deverá chegar ao mercado no primeiro semestre de 2007 e está sendo preparado para
atender a todos os requisitos necessários para rodar qualquer versão do
Windows Vista.

Durante seu keynote, Paul Otellini afirmou ainda que o Santa Rosa virá
equipado com uma nova aceleradora gráfica de quarta geração capaz de executar a interface Aero do Vista. Essa aceleradora faz parte do
chipset ICH8-M "Crestline".

Uma das novidades dessa plataforma é a tecnologia Robson, uma espécie de cache de disco de memória flash do tipo NAND na placa-mãe que acelera em até duas vezes o processo de carregamento do sistema operacional, ou mesmo de aplicativos, se comparado com a plataforma atual.

Com isso, haveria menos acessos ao disco rígido e resolveria outros dois problemas para a Intel: melhorar o desempenho geral do PC e, ao mesmo tempo, economizar energia, atributo muito valorizado na computação móvel. O Robson permitirá também que o Santa Rosa seja capaz de voltar mais rapidamente de um estado de hibernação.

Com relação à porta de comunicação sem fio, a plataforma contará com uma nova interface Wi-Fi — cujo codinome é Kedron —, compatível com a especificação 802.11n. Graças ao uso da tecnologia MIMO, ela permitirá conexões melhores e as taxas de transferência chegarão até 300 mbits, ou seja, cinco vezes maior  do que o 802.11g.

A peça final desse quebra-cabeças é o processador Merom, conhecido como o atual Core 2 Duo Mobile, que iniciou sua carreira recentemente substituindo o Yonah, na atual plataforma Centrino Duo e que deve continuar no Santa Rosa. Seu principal atrativo é seu suporte para 64 bits (tecnologia EM64T), recurso inexistente no atual Core Duo (codinome Yonah), que suporta até 32 bits.

David Perlmuller, vice-presidente responsável pelo grupo de plataformas móveis da Intel, declarou durante seu keynote que, além do 802.11n, o Santa Rosa também aceitará outros tipos de conexões sem fio como 3G, por meio de uma parceria com a Nokia. O grande objetivo, no entanto, é viabilizar o padrão 802.11e (também conhecido como WiMax Móvel) no Centrino.

A previsão é de que as primeiras implementações do 802.11e será feita em adaptadores externos, os quais devem estar no mercado ainda em 2007. As versões embutidas no computador devem surgir em 2008.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail