Home > Notícias

EUA mantêm controle sobre web com renovação de contrato com ICANN

Contrato, que expira sábado (30/09), poderá ser revisto daqui a 18 meses. Governo dos EUA mantém vigilância sobre órgão da internet

Por Juan Carlos Perez, para o IDG Now!

29/09/2006 às 15h12

Foto:

Contrato, que expira sábado (30/09), poderá ser revisto daqui a 18 meses. Governo dos EUA mantém vigilância sobre órgão da internet

O governo dos Estados Unidos vai continuar envolvido com o gerenciamento do sistema de nomes e domínios da internet depois que o acordo atual que tem com a Organização da Internet para Designação de Nomes e Números (ICANN, da sigla em inglês) expirar neste sábado (30/09).

A decisão acontece apesar da pressão internacional para que o governo dos Estados Unidos deixasse de ter influência na organização, tornando-a independente.

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos terá de ratificar as decisões do ICANN por mais três anos. O novo acordo pode ser revisto daqui a 18 meses.

Em um comunicado em seu Web site, o ICANN diz que o acordo assinado nesta sexta-feira é “um dramático passo para a total inpendência”.

O Memorando de Entendimento (MOU, da sigla em inglês) foi assinado entre o ICANN e o Departamento de Comércio dos Estados Unidos em 1998.

Quem é o ICANN

O ICANN é uma entidade não-governamental que conta com 21 membros em seu board, do qual dois são brasileiros, Vanda Scartezini e Demi Getschko.

A ICANN é responsável por aprovar e fazer a distribuição de nomes de domínios, tais como .com ou .net), entre outras atribuições técnicas que garantem que os usuários naveguem pela internet. Ela opera sob um contrato com o governo dos Estados Unidos e sob as leis do Estado da Califórnia.

Por isso, o governo dos Estados Unidos, por meio do Departamento de Comércio, tem poder de veto sobre as decisões da ICANN. Com a renovação do contrato, esse poder permanece.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail