Home > Notícias

Toshiba e Canon apresentam tela SED de 55 polegadas no Japão

Empresas anunciaram que produtos estarão disponíveis no mercado japonês a partir de 2007, depois de seguidos atrasos na produção

Por Martyn Williams, para o IDG Now!*

03/10/2006 às 15h15

Foto:

Empresas anunciaram que produtos estarão disponíveis no mercado japonês a partir de 2007, depois de seguidos atrasos na produção

A Toshiba e a Canon apresentaram uma televisão de tela SED de 55 polegadas no Ceatec Show, feira de eletrônicos realizada no Japão, e também revelaram planos de produzir os equipamentos a partir de 2007.

Com 55 polegadas, o protótipo da tela SED (display de superfície de condução de elétrons, em tradução livre) é a maior do tipo já apresentada.

As companhias pretendem começar a produção da tela em julho de 2007, disse Keiichiro Mori, especialista do Toshiba´s SED Project Team, confirmando que a produção de displays SED, já atrasada diversas vezes, está confirmada para o próximo ano.

As telas serão comercializadas inicialmente no Japão, disse Mori. Preços, assim como o plano de vendas em outros mercados, ainda não foram decididos.

Toshiba e Canon pretendem produzir apenas telas SED com 55 polegadas, disse Mori.

Em desenvolvimento por 20 anos, as telas SED prometem imagens tão brilhantes quanto as reproduzidas em monitores CRT, enquanto consome um terço a menos de energia que as telas de plasma, e ainda não mostra delays de imagem associados a algumas telas finas.

A tecnologia SED oferece vantagens em relação aos aparelhos de tela fina, segundo as empresas.  As telas mostram um ângulo mais amplo de visão e possuem relação de contraste de 100.000: 1, contra 3.000:1 disponível nos atuais displays de plasma.

As companhias já atrasaram várias vezes a produção deste tipo de telas, com engenheiros citando a dificuldade de fabricar em volume. Com o lançamento em 2007, os problemas parecem resolvidos.

Os protótipos de telas SED demonstradas durante a Ceatec estavam entre produtos mais procurados pelos visitantes. A demonstração prática  aconteceu em uma sala escura com três equipamentos enfileirados reproduzindo conteúdo de alta definição, como uma luta de sumo, um show de rock e um clipe do filme "Apollo 13".

*Martyn Williams é editor do IDG News Service, em Tóquio.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail