TSE estuda trocar Windows CE por Linux em urnas eletrônicas

O diretor geral do TSE, Athayde Fontoura, admitiu a possibilidade em entrevista publicada pelo jornal Washington Post

https://pcworld.com.br/idgnoticia2006-10-039888074037/
Clique para copiar

O diretor geral do TSE, Athayde Fontoura, admitiu a possibilidade em entrevista publicada pelo jornal Washington Post

O Brasil está considerando substituir o Windows CE, da Microsoft, pelo Linux nas urnas eletrônicas, disse Athayde Fontoura, diretor geral do Tribunal Superior Eleitoral, em entrevista para o jornal norte-americano Washington Post.

“Estamos estudando a possibilidade de usar um programa de código aberto, como o Linux, em eleições futuras”, disse ele para o jornal norte-americano. “Isso tornaria o processo mais transparente, como um todo, e mais barato”.

De acordo com o jornal, o TSE tem sido pressionado a fazer esta mudança porque o código proprietário da Microsoft não permitiria uma auditoria independente para verificar a existência de “códigos maliciosos” que poderiam fraudar o resultado das eleições.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site