Home > Notícias

Voy lança rede de TV em banda larga com programação própria e interativa

Voy TV combina programação própria e vídeos gerados pelos internautas gratuitamente

Por Daniela Moreira, repórter do IDG Now!

10/10/2006 às 14h33

Foto:

Voy TV combina programação própria e vídeos gerados pelos internautas gratuitamente

A Voy LLC, empresa de mídia digital de Fernando Espuelas, lança nesta terça-feira (10/10) a Voy TV, rede de TV em banda larga, que combina programação própria e vídeos gerados pelos internautas gratuitamente. O modelo de negócio se baseia na viculação de anúncios ao vídeo, a exemplo do que vêm fazendo as grandes empresas de internet que estão apostando forte no segmento.

Lançada simultaneamente no Brasil, no resto da América Latina e nos Estados Unidos, a Voy TV é o serviço de vídeo da Voy Plaza, comunidade online da Voy criada em novembro de 2005, que hoje conta com mais de 2,6 milhões de usuários únicos, segundo a empresa.

"O objetivo é fornecer aos latino-americanos uma plataforma para comunicação por vídeo. Sabemos que o público brasileiro está na vanguarda dos novos serviços de internet e a nossa oferta de vídeo vem atender esta demanda", comenta Espuelas.

A biblioteca de vídeos, que já inclui mais de 7,5 mil títulos, reúne canais premium (com conteúdo gerado pela própria Voy, por produtoras parceiras e canais de TV convencional) e conteúdos criados por usuários. Pela plataforma, também é possível compartilhar os arquivos, criar blogs e fazer contatos. Já fazem parte do conteúdo várias séries originais e a empresa deve lançar novos conteúdos em poucos meses. "No início do ano pretendemos produzir um reality show inteiramente voltado à web", conta o presidente da companhia.

Entre os canais premium estão o Voy Filmmaker Showcase, que oferece curtas, videoclipes e comerciais feitos por latinos; o LatinEyes, que oferece matérias sobre personagens históricos, políticos ou de entretenimento; e o LatinoCam, série semanal que coloca os membros da Voy no centro da programação como repórteres virtuais em todo o mundo.

O conteúdo disponibilizado pelos usuários não passa por filtros prévios, mas, segundo Espuelas, há uma preocupação em garantir o respeito aos direitos autorais. "Alguns autores de materiais já estão encarando a prática de replicar os vídeo na web como marketing viral. Neste caso, não tiramos o conteúdo do ar. Mas se o detentor dos direitos não estiver de acordo, o contéudo é retirado. O objetivo é estar dentro da lei", explica.

O executivo encara de forma positiva a recém anunciada aquisição do You Tube, site mais popular de vídeos na web, pelo Google. "Só estamos começando agora a descobrir como explorar o potencial dos vídeos na web. Essa aquisição é positiva, pois mostra que o modelo é crescente e viável", opina.

Fundada em 2003 pelo uruguaio Fernando Espuelas, criador do portal Starmedia no auge da era pontocom, a Voy tem escritórios em Nova York, Los Angeles e Miami. Segundo o executivo, a companhia não terá escritório no Brasil, por enquanto, mas pode procurar um parceiro local para representá-la no início do próximo ano.

A Voy utiliza um amplo leque de canais de distribuição de conteúdo - banda larga, wireless, televisão, filme, música, celular e DVD - para conectar a audiência que fala português, espanhol ou inglês na plataforma de sua escolha. Desta forma, é capaz de fornecer a produtores de conteúdo original e anunciantes um canal direto com este público.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail