Home > Notícias

Fujitsu anuncia dois novos notebooks que não usam disco rígido

Linha B-Series e Q-Series poderão ser equipadas com memória flash entre 16 GB e 32 GB, com acréscimo de até US$ 1.340 a seus preços

Por Martyn Williams, para o IDG Now!*

13/10/2006 às 10h51

Foto:

Linha B-Series e Q-Series poderão ser equipadas com memória flash entre 16 GB e 32 GB, com acréscimo de até US$ 1.340 a seus preços

A Fujitsu logo se juntará a outras duas tradicionais empresas de hardware que colocaram no mercado computadores portáteis que usam memória flash no lugar do tradicional disco rígido.

A companhia oferecerá um disco de memória flash com 16 GB e 32 GB como opção para sua nova linha de máquinas B-Series e Q-Series, que deverão estar disponíveis a partir de outubro e novembro, respectivamente, disse a companhia nesta sexta-feira (13/10).

Adicionar 16 GB de espaço interno à máquina custará 670 dólares aos usuários, enquanto o chip com 32 GB custará exatamente o dobro - 1.340 dólares.

Os discos são feitos pela Samsung e já podem ser encontrados em dois laptops da companhia, o laptop Q30 e o PC portátil Q1-SSD. No Japão, a Sony também está oferecendo uma versão do seu pequeno PC UX90 com memória flash de 16 GB ao invés do disco rígido.

A memória flash tem diversas vantagens em relação ao disco rígido convencional, como maior autonomia graças ao menor uso de bateria e redução no peso. A Fujitsu disse que seus novos equipamentos poderão funcionar com autonomia até 30 minutos maior com sua memória flash.

A empresa também está oferecendo um disco rígido que automaticamente criptografa dados como uma opção para máquinas B-Series. O drive, produzido pela Seagate, use hardware para criptografar dados que estão sendo registrados no drive e descriptar quando são lidos.

Entre outros lançamentos revelados pela Fujitsu nesta sexta-feira, está o novo PC portátil FMV-P8230, que roda Windows XP Tablet PC Edition, tem tela de 8,9 polegadas e processador Intel Core Solo.

A Fujitsu revelou que não tem planos de comercializar nenhum dos equipamentos fora do Japão.

*Martyn Williams é editor do IDG News Service, no Japão.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail