Home > Notícias

ABPD promove campanha contra pirataria de música no Brasil

Campanha prevê alertas via mensagem instantânea aos usuários de P2P e distribuição de informativos a empresas, escolas e pais

Por Redação do IDG Now!

18/10/2006 às 10h38

Foto:

Campanha prevê alertas via mensagem instantânea aos usuários de P2P e distribuição de informativos a empresas, escolas e pais

A Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD) anuncia uma série de medidas para combater o compartilhamento ilegal de arquivos via redes peer-to-peer (P2P) no Brasil. De acordo com um estudo encomendado pela associação, só no ano passado foram baixados ilegalmente mais de 1 bilhão de arquivos de música de forma ilegal no País.

A campanha de conscientização prevê o envio de mensagens instantâneas para os usuários das redes P2P no momento em que estiverem baixando músicas de forma ilegal.

Além disso, a ABPD vai distribuir um folder de forma impressa e por e-mail para as 500 maiores empresas do Brasil, para todas as instituições de ensino do País e aos cibercafés e lan houses das principais cidades.

O informativo vai alertar sobre o compartilhamento de arquivos nas redes das organizações e também pode ser baixado no site da ABPD.

Outra ferramenta promovida pela associação, e disponível no site da Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI), é o Digital File Check, programa gratuito que remove e desinstala programas de P2P do computador do usuário.

Por fim, a APBD oferece em seu site um informativo de dez páginas aos pais com orientações sobre o uso do PC por seus filhos.

O guia alerta sobre os riscos legais que recaem sobre os responsáveis pelo acesso à internet, além das ameaças de invasão de privacidade e vírus associadas ao download ilegal de música.

A IFPI anunciou nesta terça-feira (17/10) 8 mil novas ações judiciais contra usuários de P2P em 17 países, incluindo 20 processos no Brasil.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail