Home > Notícias

YouTube apaga trinta mil vídeos a pedido de entidade no Japão

Vídeos de programas de TV que infringiam direitos autorais foram deletados a pedido de entidade que coleta royalties a músicos

Por Martyn Williams, para o IDG Now!*

20/10/2006 às 14h58

Foto:

Vídeos de programas de TV que infringiam direitos autorais foram deletados a pedido de entidade que coleta royalties a músicos

A comunidade de vídeos online YouTube, adquirida recentemente pelo Google, apagou cerca de 30 mil arquivos atendendo a reclamações de uma organização de defesa dos direitos autorais no Japão, informou a entidade nesta sexta-feira (20/10).

A Sociedade Japonesa de Direitos de Autores, Compositores e Editoras (JASRAC, na sigla em inglês), que coleta pagamento de royalties a músicos, enviou uma lista ao YouTube com 29.549 arquivos que julgou terem infringido os direitos de 23 empresas de conteúdo japonesas, informou Massato Oikawa, porta-voz da organização em Tóquio.

Os vídeos, em sua maioria relacionados a programas musicais e de entretenimento de TV, foram descobertos durante uma auditoria de cinco dias feita pela JASRAC no YouTube, informou Oikawa.

AS 23 companhias que mantém a JASRAC incluem as maiores emissoras de TV do Japão, a rede pública de televisão Nippon Hoso Kyokai (NHK), a Associação da Indústria Fonográfica do Japão (RIAJ, na sigla em inglês) - equivalente a norte americana RIAA -  e a subsidiária do Yahoo.

O YouTube é bastante popular no Japão. De dezembro de 2005 a março deste ano, o número de mensal de usuários no país cresceu de 201 mil para 2,01 milhões, segundo estimativas divulgadas pela NetRatings, em abril.

*Martyn Williams é editor do IDG News Service, em Tóquio.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail