Escoteiros ajudarão MPAA a combater pirataria de filmes na internet

Associação que representa estúdios contará com ajuda de 52 mil escoteiros nos EUA que farão campanha de conscientização contra pirataria

https://pcworld.com.br/idgnoticia2006-10-258416068254/
Clique para copiar

Associação que representa estúdios contará com ajuda de 52 mil escoteiros nos EUA que farão campanha de conscientização contra pirataria

Mandados de prisão, ameaças financeiras ou a participação de Pelé como garoto-propaganda parecem não ter adiantado muito. Nestea terça-feira (24/10), a Motion Picture Association of America (MPAA) anunciou que contará com a ajuda dos escoteiros para combater a pirataria online de filmes.

A parceria entre a MPAA e o grupo Escoteiros de Los Angeles tem como objetivo ajudar na conscientização de crianças e adolescentes para identificar mídias piratas e sobre conseqüências da pirataria para usuários e para a indústria, segundo a Associated Press.

Como outras atividades promovidas por grupos do tipo, a ação contará com tarefas formuladas pelos 52 mil escoteiros do grupo para conscientizar jovens em um colégio ou organizar palestras com executivos do setor audiovisual para a comunidade.

O cumprimento das tarefas dará aos escoteiros medalhas oferecidas pela MPAA com a letra "C" referente ao termo "copyright" (direitos autorias, em inglês) como destaque.

Em junho, a MPAA contratou Pelé para estrelar uma campanha de conscientização contra a pirataria mundial.

Segundo anúncio feito pela entidade, o ex-jogador do Santos e da Seleção Brasileira teria grande apelo no mercado mundial graças ao Mundial da Alemanha.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site