Home > Notícias

Seagate apresenta novos discos rígidos encriptados para laptops

Após 1ª tentativa frustrada, Seagate apresenta tecnologia FDE.2 com sistema de encriptação 128-bits AES para garantir segurança

Por Robert McMillan, para o IDG Now!*

30/10/2006 às 14h41

Foto:

Após 1ª tentativa frustrada, Seagate apresenta tecnologia FDE.2 com sistema de encriptação 128-bits AES para garantir segurança

A Seagate Technology começará a vender amplamente seus primeiros discos rígidos encriptação a partir de 2007.

O Momentus 5400 FDE.2 incluirá um chip especial de encriptação que tornará impossível que qualquer um leia dados do disco, ou mesmo se inicialize o PC, sem qualquer forma de autenticação. Desenvolvido para notebooks, o drive de 2,5 polegadas com velocidade de 5.400 RPM terá capacidades de 80GB, 120 GB e 160 GB.

Usuários poderiam definir uma senha para acessar o disco, mas a Seagate espera que vendedores de notebooks também desenvolvam sistemas de autenticação como leitores de smart cards e leitores de impressão digital.

Mesmo que fabricantes de PC ainda não tenham anunciado publicamente suporte à tecnologia, chamada de Seagate está chamando de DriveTrust, a empresa espera que "muitos" fabricantes ofereçam máquinas com os dispositivos, disse Scott Shimomura, diretor-sênior de marketing da Seagate.

A Seagate também está trabalhando com desenvolvedores de softwares para desenvolver novidades como sistemas de gerenciamento de senhas corporativas que trabalham com os dispositivos, disse ele.

Este tipo de adoção ampla distinguiria o sistema FDE.2 da primeira tentativa da Seagate de vender discos encriptados, o Momentus 5400 DFE, anunciado em junho do último ano.

O primeiro drive, ainda sem o suporte de grandes fabricantes de hardware, era considerado um produto "á prova de conceito", diz agora a Seagate.

Ao contrário do FDE, o FDE.2 terá um sistema de melhor performance AES 128-bits e a interface de comunicação SATA.

Aparelhos da Seagate estarão disponíveis para fabricantes de notebooks em janeiro, o que significa que os primeiros aparelhos deverão aparecer pouco tempo depois, disse Shimomura.

Mesmo que a Seagate não saiba quanto um usuário pagaria a mais por discos encriptados, Shimomura revela que o preço seria comparado ao conjunto entre uma HD normal e um software comum de encriptação - o que somaria cerca de 100 dólares ao dispositivo.

A Seagate também espera expandir a tecnologia DriveTrust para suas plataformas corporativas e de desktops, diz Shimomura. "Agora, estamos tentando atingir os mercados que mais necessitam atualmente".

Uma pesquisa recente da consultoria de segurança Vontu e do Instituto Ponemon descobriu que 81% das companhias participantes perderam laptops contendo informações sensitivas no ano anterior.

Em 2005, laptops roubados e perdidos foram culpados por possíveis vazamentos de informações da Ernst & Young, Ahold USA e do Departamento dos Veteranos dos Estados Unidos.

*Robert McMillan é editor do IDG News Service, em São Francisco

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail