Home > Notícias

Táxi utiliza torpedo em vez de telefone

Por Alice Sosnowski

01/11/2006 às 12h18

Foto:

taxitorpedo2Há um ano a São Paulo Táxi decidiu entrar na era do relacionamento digital. Com 250 carros rodando em São Paulo, a associação recebe cerca de 1,2 mil chamadas por dia de telefones fixo e celular. Para avisar o passageiro do tempo que o táxi leva para chegar ao local solicitado,
a SP Táxi gastava até 4,5 mil reais mensais em ligações. Foi então que os taxistas decidiram optar pela resposta via SMS para os clientes que ligavam de celular.

Depois de contratar o serviço Comunika SMS, os custos caíram de 90 para 25 centavos por chamada para celular, o que representou uma economia de mais de 70% por mês em ligações. A vantagem financeira somou-se à qualidade e agilidade do serviço. “O feedback dos clientes foi bastante positivo”, destaca Ronaldo Sanches, gerente de relacionamento da SP Táxi.

“As empresas gostam de ver que usamos a tecnologia a nosso favor na hora de prestar serviço. Isso ajuda até a captar novos clientes”, explica Sanches. O pacote adquirido pela associação inclui 5 mil mensagens por mês e permite o acompanhamento com relatórios, que informam quantos torpedos foram enviados, recebidos ou descartados e também faz monitoramentos diários, semanais e mensais.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail