Home > Notícias

Microsoft revela site do tocador Zune e promove mudanças no MSN Music

Empresa anuncia Zune.net, onde usuários poderão comprar músicas para o tocador e para onde clientes do MSN Music serão redirecionados

Por Nancy Gohring, para o IDG Now!*

03/11/2006 às 13h27

Foto:

Empresa anuncia Zune.net, onde usuários poderão comprar músicas para o tocador e para onde clientes do MSN Music serão redirecionados

Microsoft revelou um novo site que descreve funções da sua futura loja de música para o player Zune, além de declarar que o MSN Music não continuará a vender músicas  digitais.

O novos site detalha informações sobre o novo tocador, assim como previsões sobre o Zune MarketPlace, onde usuários poderão comprar músicas individualmente ou por assinatura mensal para downloads ilimitados.

O site já conta com algumas bandas e oferece downloads de imagens e vídeos de propaganda do Zune.

A página demonstra ainda acessórios que estarão disponíveis por fabricantes independentes.

Uma base de sincronização permitirá que usuários toquem músicas diretamente nos alto-falantes, um controle remoto permitirá ajuste no aparelho em qualquer lugar da casa e cabos permitirão que o Zune seja conectado aos som do carro.

Outros acessório incluem capas de couro e headphones semi-profissionais.

A Microsoft está direcionando usuários que tentam chegar ao MSN Music, loja online com artigos sobre artistas e música digital, para  o Zune.net.

Agora, clientes que entram no MSN Music são alertados que, a partir de 14 de novembro, data de lançamento do Zune, o botão de compra de canções direcionará o usuário para a loja do Zune ou para o Rhapsody, da RealNetworks.

Como parte de um acordo legal com a rival Real, a Microsoft concordou em promover o serviço rival Rhapsody.

O novo Zune.net se junta a dois outros sites revelados pela Microsoft desde que a companhia anunciou seu rival para o iPod, da Apple. O Zune.com apresenta uma animação simples que diz apenas que o zune.com está chegando.

Já o ComingZune.com também apresentava uma curta animação com músicas, mas agora redireciona o usuário para um site que contém animações e artes sobre o Zune.

No final de setembro, a Microsoft revelou preços para o tocador Zune e disse que colocaria o player nas prateleiras no dia 14 de novembro.

Desde que revelou o Zune, a Microsoft ainda não declarou muito sobre o que aconteceria com o MSN Music ou como a loja do Zune poderia afetar suas relações com clientes como a MTV Networks, com quem lançou o serviço de músicas Urge no ano passado.

*Nancy Gohring é editora do IDG News Service, em Dublin.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail