Home > Notícias

E-commerce deve crescer 64% e faturar 755 milhões de reais neste Natal

A previsão para o ano é de que o segmento fature 4,3 bilhões de reais - crescimento superior de 70% em relação a 2005

Por Daniela Braun, editora do !IDG Now

07/11/2006 às 9h25

Foto:

A previsão para o ano é de que o segmento fature 4,3 bilhões de reais - crescimento superior de 70% em relação a 2005

As vendas de final de ano, que respondem por 18% do faturamento anual do comércio eletrônico no Brasil, devem atingir 750 milhões de reais no período de 15 de novembro a 23 de dezembro, prevê a consultoria e-bit.

Os dados divulgados nesta segunda-feira (06/11) indicam um crescimento de 64% nas vendas online  de Natal em relação aos 458 milhões de reais registrados no mesmo período de 2005.
Para todo o ano, a e-bit espera que o comércio eletrônico atinja um faturamento de 4,3 bilhões de reais, o que resulta em um crescimento nominal de mais de 70% em relação a 2005, quando o segmento faturou 2,5 bilhões de reais.

A estimativa supera em quase 10 pontos porcentuais o faturamento de 3,9 bilhões de reais previsto anteriormente pela e-bit. Entre as razões para o crescimento acima do esperado estão o aumento no número de e-consumidores e de usuários de banda larga no País.

Na liderança das vendas online do ano está a categoria de eletrônicos, que inclui televisores, MP3 players, aparelhos de som e dvd e câmeras digitais. CDs, DVDs e vídeos devem perder a primeira posição e ficar em terceiro lugar entre as categorias mais vendidas na web. O segundo lugar, ocupado pelo segmento de livros, revistas e jornais, se mantém estável.

O tíquete médio do período natalino deve chegar 290 reais, superando a média de 280 reais gastos no ano passado.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail