Home > Notícias

Após atrasos, Windows Vista é entregue a fabricantes de hardware

Coletiva convocada pela Microsoft sinaliza entrega da versão final do sistema operacional para integradores, após seguidos atrasos

Por Elizabeth Montalbano, para o IDG Now!*

09/11/2006 às 11h23

Foto:

Coletiva convocada pela Microsoft sinaliza entrega da versão final do sistema operacional para integradores, após seguidos atrasos

Após seguidos atrasos, a tão esperada atualização no sistema operacional Windows, o Windows Vista, chegará aos integradores nesta quarta-feira (08/11).

O IDG Now! noticiou há algumas semanas que o lançamento do Vista para fabricantes tinha sido atrasado do dia 25 de outubro para o dia 8 de novembro graças a uma falha no último minuto que forçou revisões urgentes no sistema.

"Este é um ótimo dia", disse Jim Allchin, co-presidente da divisão de plataformas e serviços da Microsoft, em uma coletiva para anunciar o lançamento do Vista. "O sistema está sólido e já estamos prontos para divulgá-lo".

Uma vez que o Vista estiver nas mãos dos integradores, fabricantes de hardware poderão instalar e configurar o sistema nos computadores que venderão por canais de revenda a partir de janeiro de 2007, de acordo com a atual programação da Microsoft.

A Microsoft também planeja entregar a versão final do Vista a seus clientes corporativos até o fim de novembro, e está planejando um evento de lançamento em Nova York no próximo dia 30 de novembro para marcar a ocasião. A companhia também planeja oficializar o Office 2007 e o Exchange Server 2007 no evento.

Allchin revelou esperar que clientes corporativos comecem a usar os três produtos de uma vez, o que lhes dará "benefícios dramáticos" em segurança e confiabilidade.

De fato, Allchin citou segurança como a razão primária pela qual ele espera que tanto usuários e empresas atualizem para o Vista, alegando que a Microsoft prestou atenção à segurança no sistema de maneira que nunca tinha feito com outros sistemas.

"Na minha opinião, é o sistema mais seguro disponível no mercado", acrescentou. Isto significa que o número e a severidade das atualizações de segurança divulgadas todo mês na Patch Tuesday, nome dado ao grupo de segurança da Microsoft ao ciclo mensal de atualizações, deverão ser reduzidos, disse Allchin.

"(Esta diminuição) será provada", previu. "Falaremos muito ainda sobre isto".
Caso se concretize em realidade, a novidade significará boas notícias para gerentes de TI, já que Microsoft tem divulgado pacotes de correção religiosamente nos últimos meses para consertar buracos em seu software.

Em outubro, a companhia divulgou 10 patches que corrigiam 26 vulnerabilidades, um número recorde de falha para a fabricante.

O Windows Vista está sendo preparado há meses e estava originalmente programado para chegar aos canais de venda neste mês para aproveitar as compras de Natal no mercado mundial.

A Microsoft está oferecendo cupons de desconto por seus canais de hardware para encorajar clientes a comprar PCs com o Vista durante o período, com a previsão de atualizar a máquina quando o sistema estiver disponível.

Clientes corporativos revelaram que não pretendem atualizar seus computadores imediatamente para o Windows Vista, mas deverão esperar até que o primeiro Service Pack esteja disponível para o sistema.

Allchin disse que os clientes com quem falou apresentam diferentes planos no uso do Vista, mas espera que clientes corporativos comecem a testar o Vista em seus sistemas de TI assim que ele estiver disponível, no dia 30 de novembro.

*Elizabeth Montalbano é editora do IDG News Service, em São Francisco.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail