Home > Notícias

Wikipedia é oficialmente reaberta na China, após um ano de censura

Um mês após abertura em inglês, versão em chinês é desbloqueada, confirma a organização Repórteres sem Fronteiras

Por Redação do IDG Now!

17/11/2006 às 10h49

Foto:

Um mês após abertura em inglês, versão em chinês é desbloqueada, confirma a organização Repórteres sem Fronteiras

A organização contra censura Repórteres sem Fronteiras confirmou nesta quarta-feira (15/11) a reabertura completa da enciclopédia livre online Wikipedia na China por volta de 13 de novembro. 

A decisão ocorre cerca de um mês após a versão em inglês da enciclopédia ter sido liberada no país. Antes disso, a Wikipedia ficou proibida na China durante um ano.

A Repórteres sem Fronteiras parabenizou os responsáveis pela enciclopédia por não cederem às pressões do governo autoritário do país e se recusarem a adotar políticas de autocensura, a exemplo do que têm feito outras empresas de internet para poder atuar no gigantesco mercado chinês.

“Enquanto Yahoo, Google e Microsoft insistem que é impossível negociar com as autoridades e que se não censurassem seus mecanismos de busca seriam banidos do país, o exemplo da Wikipedia prova o contrário”, disse a organização em um comunicado.

O grupo acrescenta ainda que o governo chinês é “pragmático” e que “obviamente” há espaço para negociação com as empresas de internet dos Estados Unidos. “Não é essencial se curvar a Pequim e passar por cima da liberdade de expressão para fazer negócios nesse país”, diz o comunicado.

Segundo testes realizados pelo especialista da Wikipedia, Andrew Lih, e confirmados pelo Repórteres sem Fronteiras, a enciclopédia foi desbloqueada pelos principais provedores chineses, o que levou a um boom de novos artigos em chinês.

Segundo o especialista, a versão em chinês da Wikipedia é que mais cresce depois da versão em inglês.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail