Home > Notícias

Rede virtual Second Life cria o seu 1º milionário da vida real

Vendedora de terrenos virtuais, Ailin Graef atinge lucro digital equivalente a US$ 1 milhão

Por Redação do IDG Now!*

27/11/2006 às 14h47

Foto:

Vendedora de terrenos virtuais, Ailin Graef atinge lucro digital equivalente a US$ 1 milhão

A rede virtual Second Life criou seu primeiro milionário no final da última semana, quando a japonesa Anshe Chung anunciou que o valor de sua corretora de terrenos tinha ultrapassado a cifra de um milhão de dólares.

Anshe Chung, no entanto, não existe. A personagem é um avatar usado pela chinesa Ailin Graef na rede social para administrar sua empresa virtual Anshe Chung Studios.

A fortuna armazenada de Chung vem de lucros na venda de terrenos (também virtuais) dentro da rede social após dois anos e meio de um investimento de 9,95 dólares feito por Graef, valor padrão da assinatura do serviço.

Mesmo que os negócios sejam feitos em Linden Dollares, moeda digital usada dentro do Second Life, a fortuna  de Graef convertida para o mundo real ultrapassa 1 milhão de dólares reais.

Segundo o comunicado divulgado pela Anshe Chung Studios no último domingo, a companhia administra terrenos equivalentes no mundo real a 36 quilômetros quadrados, duas vezes o tamanho do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além dos terrenos, Chung/Graef administra shopping, cadeias de lojas e marcas digitais, além de investir em outras companhias dentro da Second Life.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail