Home > Notícias

Quer testar o Vista sem fazer uma instalação oficial? Tente a virtualização

Três programas permitem que usuários do Windows testem o novo sistema operacional da Microsoft sem instalá-lo formalmente

Por Eric Lai, para o Computerworld

29/11/2006 às 12h12

Foto:

Três programas permitem que usuários do Windows testem o novo sistema operacional da Microsoft sem instalá-lo formalmente

Morar junto é uma maneira aceita por muitos casais modernos para testar uma relação antes do casamento. Então, não poderia existir uma forma semelhante para os usuários avaliarem o sistema operacional Windows Vista da Microsoft antes de se comprometer integralmente com a plataforma?

A resposta é sim, por meio de um software de virtualização. A tecnologia permite que gerentes de TI executem múltiplas aplicações – com cada uma encapsulada em sua própria "máquina virtual". O processo evita que uma aplicação "derrube" a outra e minimiza riscos de segurança.

Existem três opções principais de virtualização, todas que suportam o Vista em vários níveis. Elas são gratuitas ou oferecem versões sem custo para testes. Veja as opções:

VMware Server e Player
A VMware oferece seus produtos VMware Server e VMware Player gratuitamente para seus usuários. A utilização de ambos é necessária, segundo Srinivas Krishnamurti, diretor de gerenciamento de produtos da companhia. O VMware Server cria o "hóspede" Vista - também chamado de máquina virtual - em um processo muito similar à instalação de um sistema operacional em um PC. Os usuários, então, instalam o VMware Player em Linux ou qualquer versão do Windows, incluindo o XP, para executar a máquina virtual do Windows Vista.

Os usuários podem criar máquinas virtuais para CPUs de 32 ou 64 bits e aquelas com múltiplos núcleos podem alocar o poder de processamento de até duas CPUs para uma única máquina virtual. No entanto, as últimas versões oficiais do Server e do Player só suportam USB 1.1, embora suas versões beta também ofereçam suporte a USB 2.0. Essas atualizações serão divulgadas oficialmente na metade do próximo ano.

Velozes e furiosas
Outra oferta é a Workstation para Windows e Linux da Parallels. A versão 2.2 permite a execução virtual do Vista. A versão, que apresenta tecnologia de virtualização em processadores mais novos da AMD e Intel para melhor desempenho, permite executar o Vista Ultimate e o Vista Business, que custam 399 e 299 dólares respectivamente. A Workstation 2.2 da Parallels pode ser baixada e testada gratuitamente por 15 dias.

Microsoft Virtual PC 2007
A Microsoft entrou no campo da virtualização quando comprou a Virtual PC, em 2003. Depois que a VMware disponibilizou gratuitamente seus produtos básicos, a Microsoft seguiu o modelo, e está ofertando sem custo o Virtual PC 2004.

O pacote não executa o Vista e não suporta máquinas virtuais com Vista, mas o Virtual PC 2007, ainda em versão beta, sim. Instruções detalhadas para baixar o VPC 2007 e configurar o Vista em uma máquina virtual estão no blog da Microsoft sobre o Vista.

O VPC 2007 conecta as capacidades dos produtos mencionados anteriormente. Como o VMware Player, o VPC 2007, pode ser executado em PCs de 32 e 64 bits, embora possa criar atualmente apenas máquinas de 32 bits. Como o Parallels, o VPC pode suportar uma ampla gama de sistemas operacionais hospedados, mas pode ser instalado apenas em PCs com Windows.

Mãos na massa
Vamos dizer agora que você está convencido de que um teste do Vista vale a pena. É muito tarde, já que a Microsoft fechou seus programas beta? Não. Os betas do Windows Vista não estão mais disponíveis na Microsoft, mas funcionarão até julho de 2007. Dois sites têm cópias disponíveis e podem resolver seu problema. São eles: Craigslist e eBay. Boa sorte na experiência.

*Eric Lai é editor do Computerworld, em Framingham.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail